Materiais Escolares – Alta nos Preços em 2011



A aquisição de materiais escolares é uma circunstância que assegura os itens básicos e necessários aos alunos durante todo o ano letivo. A lista de elementos varia dependendo da instituição e em alguns casos ocorrem pedidos dispensáveis, podendo os pais contestarem.

Do ano passado para este houve incremento nos valores de inúmeros materiais, que chegaram a até 30%. Para Mauricio Stainoff, presidente da Federação das Câmaras de Dirigentes Lojistas do Estado de São Paulo (FCDLESP), a perspectiva de faturamento dos lojistas é de 10% para 2011 em comparação ao ano de 2010.



O caderno, por exemplo, aumentou 12%. Canetas, lápis de cor, clipes, grampos e blocos de anotações também sofreram incremento de preços. Devido à alta de valores, a estimativa é de diminuição no volume comercializado e o que assegurará a estimativa de crescimento será exatamente o avanço dos valores.

Segundo Stainoff, os materiais subiram acima da inflação, com expansão média de 20%, decorrente da Substituição Tributária executada pelo Estado de São Paulo.

Por Luiz Felipe T. Erdei



Fonte: Maxpress