Consumidores Brasileiros – Gastos com Compras e Viagens Estrangeiras em 2010



  

A valorização da moeda brasileira sobre o dólar gera inquietação a vários setores de atividades no país, sobretudo aqueles que concorrem diretamente com os produtos estrangeiros. Aos consumidores, porém, existem vantagens, tais como aquisição de mercadorias importadas sob preços mais baixos.

O poder de renda e a questão cambial propiciam projeções de viagens para várias pessoas, inclusive ao exterior. Prova dessa situação são os gastos de brasileiros fora das fronteiras tupiniquins, que devem contabilizar montante de US$ 16,5 bilhões neste ano, o maior patamar desde 1947, ocasião em que a série histórica foi iniciada.

De acordo com o Banco Central, entre janeiro e novembro os gastos dos brasileiros chegaram a US$ 14,675 bilhões, US$ 1,515 bilhão movimentado somente no mês passado. Na visão de Altamir Lopes, chefe do Departamento Econômico do BC, as despesas permanecem em ascensão em meio ao aumento da renda, bem como no que se refere ao câmbio.

Leia também:  FGTS - Como saber o saldo de contas inativas




Por outro lado, os gastos de estrangeiros no Brasil cercearam US$ 560 milhões em novembro e no acumulado anual até o mês passado, US$ 5,317 bilhões.

Por Luiz Felipe T. Erdei

Fonte: Band Online