CNI – PIB Industrial – Estimativas para 2010 e 2011



  

O Banco Central previu, nesta semana, que o Produto Interno Bruto (PIB) de 2010 deverá abranger índice de 7,61% e no ano que vem 4,5%, projeção última mantida há semanas. Convergindo com os dados prognosticados do BC, a Confederação Nacional da Indústria (CNI) estimou expansão respectiva de 7,6% e também de 4,5%.

A confederação assinala que neste ano o crescimento industrial do PIB será de 10,9%, porém cairá para 4,5% em 2011. Em nota, acredita que após ultrapassado o colapso financeiro recente e o entusiasmo da recuperação observado no início de 2010, a economia do país marcha numa trajetória convergente ao potencial de desenvolvimento.





Apesar dessa perspectiva, a CNI prevê continuidade robusta da demanda doméstica, com o consumo dos lares em ritmo de crescimento em 5,1% e os investimentos, por sua vez, em 13,5%.

De acordo com a Reuters, a CNI assinala falta de crescimento suficiente no relacionado à produção para o acompanhamento da demanda, situação que tem implicação proveniente na valorização do câmbio.

Por Luiz Felipe T. Erdei