GfK – Instituições Bancárias – Benefícios e Satisfação para os Consumidores



  

Criticadas pelas taxas praticadas em vários quesitos, as instituições bancárias não representam somente a tão almejada segurança – embora existam casos de fraudes e outras incorreções –, mas também possibilidades de pagamentos de contas de várias maneiras, mesmo que o valor no final da tramitação (dependendo de qual) seja elevado para padrões vistos em outros países.

Estudo erguido pela consultoria GfK alista, porém, que a imagem dos bancos está bem-conceituada entre os consumidores. Para 65% da população residente no Brasil as instituições financeiras acrescentam mais benefícios a problemas.

A pesquisa, feita por meio da opinião de 985 pessoas em julho de 2010, em 12 cidades situadas nas regiões metropolitanas, contabiliza que um em cada quatro cidadãos assegura que bancos só trazem benfeitorias e somente 6% dos consultados assinalaram que apresentam apenas problemas.

Leia também:  Saque do FGTS Inativo poderá ser feito no Final de Semana




Curiosamente, a população de baixa renda parece ser a mais satisfeita com os bancos, sobretudo entre as pessoas de 35 a 44 anos de idade localizadas nas regiões Centro-Oeste e Norte do país.

Na concepção de Mario Mattos, diretor de marketing da GfK, o entendimento em favor dos bancos não possui relação com a qualidade dos seus serviços.

Por Luiz Felipe T. Erdei

Fonte: Band Online