IPV – Preços – Carnes e Eletroeletrônicos – Outubro de 2010



  

A alta no preço das carnes tem incidido negativamente em alguns pontos e positivamente em outros. Os consumidores passaram a ter maiores dificuldades em abastecer seus lares com esse item, porém sobrou ao frango suprir algumas necessidades – a ave também, devido à demanda, tem apresentado ascensão de preços.

Informações obtidas juntamente à Federação do Comércio do Estado de São Paulo (Fecomercio-SP) assinalaram que o Índice de Preços no Varejo (IPV) computou avanço de 1,18% em outubro de 2010 contra o mês imediatamente anterior, acarretando, pois, a maior expansão desde junho de 2008. No acumulado anual, revela a entidade, o medidor contabiliza incremento de 3,41%.





Para Júlia Ximenes, assessora econômica da Fecomercio-SP, em 2010 o setor de açougue é o que apresenta a maior alta, tanto que de janeiro até outubro a elevação chega a 17,08%. Apesar desse acréscimo, os eletroeletrônicos conglomeram um ano de baixas seguidas. Mercadorias abrangidas pela telefonia, imagem & som e informática decresceram, em média, 0,69% entre setembro e outubro, com deflação anual de 8,26%.

Na análise de Júlia, segundo o portal de Economia UOL, a valorização do real perante o dólar é um dos fatores recorrentes para esse setor.

Por Luiz Felipe T. Erdei