OMC – Brasil – Importações em 2010



  

A temeridade de inúmeros segmentos de atividade sobre a tendência atual de crescimento das importações em relação às exportações foi confirmada novamente. Segundo a Organização Mundial do Comércio (OMC), o ingresso de produtos importados no Brasil bateu vários recordes e entre os membros do G20 (grupos das 20 maiores economias do planeta), mais outras nações relacionadas pela organização, o país aquele que apresentou a maior alta.

Para se ter ideia do aumento, entre dezembro do ano passado e setembro de 2010, o índice saltou para 46%. De acordo com o Estadão, a valorização da moeda brasileira e a ascensão do mercado doméstico são dois dos principais agentes dessa recorrência.





Em dezembro de 2009, por exemplo, a nação tupiniquim importava montante de US$ 12,8 bilhões, mas em setembro de 2010 o valor cingiu a cifra de US$ 18,7 bilhões. Em outubro, porém, o valor caiu serenamente, mas não o suficiente para alterar a trajetória de crescimento.

O país presidido por Luiz Inácio Lula da Silva já figura nas estatísticas estadunidenses como um dos principais parceiros comerciais, pois é no Brasil que os Estados Unidos possuem o superávit mais elevado.

Por Luiz Felipe T. Erdei