BC – Inflação, Selic, PIB – Previsões para 2010 e 2011



  

Dados levantados e divulgados pelo Banco Central por meio do relatório Focus majoraram a perspectiva de inflação pelo Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA) de 2010. De acordo com o documento, o índice de 5,48% da semana passada passou para 5,58%.

Para o ano que vem a projeção de 5,05% de uma semana atrás foi para 5,15%. Ambas as percentagens (a anterior e a nova) extrapolam a meta de inflação dos dois anos, de 4,50%, porém há tolerância de dois pontos percentuais, para mais ou para menos.





Segundo a agência Reuters, o cálculo para a inflação nos próximos 12 meses apresentou leve elevação, de 5,24%, ante 5,21% de antes. A Selic, taxa básica de juros da economia, foi nutrida em 10,75% para 2010 e 12% para o final de 2011.

Os dados acima mensurados foram acompanhados também pela estimativa de crescimento do Produto Interno Bruto (PIB), mantido em 7,60% para 2010 e 4,5% para o ano que vem.

Por Luiz Felipe T. Erdei