Dieese e Procon-SP – Preços da Cesta Básica em São Paulo – Alta em Outubro de 2010



  

Dados divulgados em parceria entre a Fundação Procon de São Paulo (Procon-SP) e o Departamento Intersindical de Estatística e Estudos Socioeconômicos (Dieese) revelaram que a cesta básica cresceu 3,98% na cidade de São Paulo em outubro ante seu mês imediatamente anterior.

Confirmando informações antecedentes, o aumento dos valores praticados na carne bovina e no feijão influenciou o novo preço da cesta básica, que cresceu entre setembro e outubro de R$ 299,99 para R$ 311,94. Entre os 31 produtos abarcados no estudo, 23 sofreram elevação e os demais, baixa.





Os produtos que mais aumentaram, de acordo com o portal R7, foram os alimentícios (4,58%), e também o grupo de higiene pessoal (2,71%). A categoria de limpeza, diferentemente, apresentou leve decréscimo de 0,03%.

Leia também:  Salário Mínimo Regional São Paulo 2017

Para se ter ideia do descrito anteriormente, o pacote de 1 quilo do feijão carioquinha contraiu elevação de 9,94%, enquanto a carne de segunda, sem osso, cresceu 9,31%. A farinha de trigo não ficou distante, uma vez que teve preço superior em 6,85%.

Por Luiz Felipe T. Erdei