Índice de Preços ao Consumidor (IPC) tem queda em São Paulo



  

Informações divulgadas nesta quarta-feira, 4 de novembro, pela Fundação Instituto de Pesquisas Econômicas (Fipe) indicou que o Índice de Preços ao Consumidor (IPC) paulista sofreu desaceleração em conformidade a índices já aguardados por especialistas na primeira quadrissemana deste mês.

O aumento mais ameno nos valores dos alimentos influenciou o resultado, que avançou 0,97% na primeira quadrissemana de novembro, pouco abaixo da percentagem de 1,04% do mês passado. Analistas sondados pela agência de notícias Reuters estimavam esse índice com base na mediana de respostas anteriores as quais tiveram acesso.





No período em questão os custos de Alimentação majoraram 2,50% após crescimento de 2,84% em outubro. Mesmo com sucinta essa queda, o grupo é aquele que responde como o componente de maior inflação abarcado pelo IPC.

Leia também:  Salário Mínimo Regional São Paulo 2017

Os custos de Transportes, por outro lado, avançaram 0,85%, ante 0,88% do mês passado. Os valores de Saúde também contraíram alta, porém de 0,43% sobre anteriores 0,37%, juntamente aos de Vestuário, do novo 0,03% sobre a queda de 0,22% de outubro.

Por Luiz Felipe T. Erdei