Governo do Brasil – Cuidados com obras para Copa do Mundo



  

Para receber um evento de magnitude mundial, como é o caso da Copa do Mundo de 2014 e dos Jogos Olímpicos de 2016, o Brasil precisará melhorar muitas questões mal-resolvidas. São anos de defasagens em várias áreas, principalmente na questão da infraestrutura, tanto viária como aeroportuária.

Nesta semana, Luiz Inácio Lula da Silva, presidente do Brasil, parece ter se dado conta de quanto o país ainda precisa evoluir para conseguir ser, daqui a alguns anos, uma das maiores potências econômicas. Ele pediu empenho de todos os ministros no cumprimento de obras. Alexandre Padilha, ministro das Relações Institucionais, esteve reunido com o ex-sindicalista nas últimas horas; relacionou à imprensa a grande preocupação com a atual situação dos aeroportos.





Em 2 de agosto, segunda-feira, vários voos domésticos apresentaram atrasos nas horas iniciais do primeiro dia útil da semana, alguns, inclusive, cancelados. O Tribunal de Contas da União, de acordo com Padilha em reportagem apregoada pelo portal de notícias G1, deverá ser um dos órgãos de fiscalização que se prestará mais efetivamente para apressar o cumprimento das obras.

Por Luiz Felipe T. Erdei