Economia Brasileira – cai número de inadimplentes

  

  

A economia brasileira tem possibilitado de oferecer novos nortes à população e, em especial aos empresários, que passaram a acreditar no país como fonte viável e rentável de lucro sobre lucros. O otimismo, palavra extremamente utilizada quando relacionada ao assunto, surte efeito positivo também ao cumprimento de pagamentos, tanto por parte dos cidadãos como a partir das empresas.

O Indicador Serasa Experian de Inadimplência das Empresas divulgado nesta quinta-feira, 29 de julho, assinalou que a inadimplência nas empresas do país cedeu 9% no primeiro semestre deste ano em confronto ao período similar de 2009, configurando portanto, o maior baque percebido nos últimos seis anos – referência aos seis meses iniciais de cada período.


A Serasa relacionou que o número de inadimplentes deverá continuar a cair até o final de 2010; se comparado junho ante maio deste ano, o baque atingiu a marca de 5,8%. De acordo com o portal de notícias G1, os economistas da entidade acreditam que embora o aguardado esfriamento econômico venha a acontecer nos próximos seis meses – até dezembro –, as empresas nacionais continuam a manter sua estrutura de capital tranquila, sem impasses consideráveis, principalmente em virtude do melhor acesso ao crédito a pessoas jurídicas.

Por Luiz Felipe T. Erdei