Emprego na Construção Civil cresce 9,7%



A construção civil do país atravessa momento altamente positivo, incentivada, sobretudo, pelo Programa de Aceleração do Crescimento (PAC) e pelo aumento no número de habitações comercializadas em virtude do programa do governo “Minha Casa, Minha Vida”. A partir dos próximos meses, novamente o setor sofrerá efeitos favoráveis devido às obras focadas à Copa do Mundo de 2014 e aos Jogos Olímpicos de 2016.

Segundo levantamento mensal divulgado em conjunto entre a Fundação Getúlio Vargas (FGV) e o Sindicato da Indústria da Construção Civil do Estado de São Paulo (SindusCon-SP), o nível de emprego na esfera cresceu 9,7% entre janeiro e maio por causa da contratação de aproximadamente 238,4 mil trabalhadores com registro em carteira de trabalho, os ditos formais.



Um estudo mais aprofundado rege que em maio em comparação ao mês imediatamente anterior o nível de empregou ascendeu 1,7%, ou mais de 45 mil trabalhadores formais contratados. No estado de São Paulo, segundo o portal de notícias G1, houve crescimento de 0,53% na mesma base comparativa deste parágrafo

Será que Carlos Lupi, ministro do Trabalho e Emprego, terá concretizada sua estimativa de que mais de 2,5 milhões de empregos novos serão contabilizados ao final de 2010? Os brasileiros esperam que sim.



Por Luiz Felipe T. Erdei

Leia também:  Barack Obama mostra Preucupação e Teme Nova Recessão

Outros Conteúdos Interessantes

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *