PIB do Brasil em 2010 pode ter aumento de 6,5%, diz Guido Mantega



  

A expansão econômica obtida pelo Brasil, nos últimos meses, tem atraído a atenção internacional, sobretudo dos países mais desenvolvidos, que ainda não conseguiram entrar nos trilhos, em geral, para suplantar as consequências herdadas pela crise financeira global. No primeiro trimestre deste ano, o ambiente brasileiro conheceu expansão do Produto Interno Bruto (PIB) de 2,7% em comparação aos últimos três meses de 2009 e 9% em confronto anual.

Guido Mantega, ministro da Fazenda, ressaltou existir, em junho, desaceleração na atividade do país, situação que fará o Brasil conquistar crescimento real do PIB em até 6,5% ao final de 2010, percentual que vem a acalmar aqueles, segundo ele, que emitiram informações sobre superaquecimento econômico da nação, riscos de bolhas, entre outros.

Leia também:  Taxas de juros do cheque especial subiram novamente

Embora seu discurso soe um tanto pessimista a alguns, Mantega avalia que o crescimento do país atravessa um momento sustentável, permitindo ao Brasil liderar, futuramente, o crescimento mundial juntamente a China, Índia e Rússia.





Em reportagem justificada pelo portal de economia UOL, o ministro relacionou queda nos índices inflacionários, item que ficará na meta estabelecida há meses, um pouco acima de 5%.

Se o próximo governo, ainda sem nome certo, mantiver os conceitos atuais, provavelmente o foco econômico mundial será, realmente, mais ao sul.

Por Luiz Felipe T. Erdei



Um comentário em “PIB do Brasil em 2010 pode ter aumento de 6,5%, diz Guido Mantega

  1. Pq todos os sites que eu busco não falam do valor em números do PIB e só percentuais para mais ou para menos??? Eu devo adivinhar qual o valor do PIB com esses números??