Reajuste nas Contas de Luz de MG e RJ



  

O setor elétrico do país movimenta notícias diárias entre a grande imprensa devido à Usina de Belo Monte e toda polêmica que a cerceia, bem como pelas informações de ressarcimento, por parte das fornecedoras, aos consumidores em virtude de apagões ocorridos nos últimos meses.

Em 15 de junho, terça-feira, a Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel) sancionou o reajuste de tarifas anuais da Energisa Minas Geras S/A, da Energisa Nova Friburgo S/A e da Companhia Força e Luz Cataguazes Leopoldina S/A. Ambas são responsáveis pelo fornecimento de luz, por assim dizer, a 466 mil unidades consumidoras de Minas Gerais, Nova Friburgo e Rio de Janeiro.

À Energisa MG, o reajuste estipulado será de 8,29% a domicílios e outros 9,07% às indústrias. À Energisa Nova Friburgo, será repassado ascensão de 1,02%, em média, aos consumidores estabelecidos em residências, enquanto ao setor industrial, 2,39%.





Segundo o portal de notícias G1, as tarifas começarão a vigorar na próxima sexta-feira, 18 de junho, ocasião na qual as informações serão publicadas no Diário Oficial da União.

Fonte G1

Por Luiz Felipe T. Erdei