Funcionários de universidades de São Paulo reivindicam aumento salarial



  

Na última terça-feira à tarde, 18 de maio de 2010, um grupo formado por funcionários da Universidade de São Paulo (USP), UNESP e Unicamp realizaram um protesto em frente ao Cruesp (Conselho de Reitores das Universidades Estaduais Paulistas), pela reivindicação de reajuste salarial.

Uma reunião ocorrida na última terça-feira, 18 de maio, entre o CRUESP e o Grupo dos Seis, composto por representantes das universidades citadas, não resultou em acordo. No mesmo mês do ano anterior houve uma greve na USP que teve a adesão de professores e estudantes e acabou gerando a participação de policiais e até feridos.





A reivindicação atual das universidades citadas busca especialmente a manutenção de uma igualdade de salário entre os professores e funcionários.

Leia também:  Salário Mínimo Regional São Paulo 2017

Por Elizabeth Preático



Um comentário em “Funcionários de universidades de São Paulo reivindicam aumento salarial

  1. Trabalho na UNINOVE e nosso salario é uma miseria $550,00 inspetor mas somos burro de carga até entulho carregamos.