Senado deverá manter reajuste de 7,7% aos aposentados



  

Os debates em torno do reajuste a aposentados continua. Luiz Inácio Lula da Silva, presidente do Brasil, afirmou, há alguns dias, que pretende limitar o percentual em 6,14%, embora a Câmara dos Deputados tenha aprovado, por meio de Medida Provisória (MP), aumento de 7,7%.

Romero Jucá (PMDB-RR), líder do governo no Senado, assegura que conservará o reajuste com o percentual votado, embora admita existir duas correções a serem feitas no projeto.





Uma delas refere-se ao percentual anterior  (7%), abaixo do preterido em virtude de, durante as negociações, a troca de índices não ter sido alterada para mais na tabela. A segunda correção mencionada são mudanças na emenda que tem por finalidade acabar com o fator previdenciário, o que, segundo Jucá, não é interessante.

Leia também:  Calendário de Pagamento da Aposentadoria e Pensão 2018

O portal de notícias G1 indica que se o texto da MP não for aprovado até 1º de junho, ocasião de seu vencimento, ela perderá sua eficácia e o aumento de 7,7% não será concedido.

Fonte: G1