Financial Times critica precariedade do Brasil



  

O Financial Times, veículo de comunicação de origem britânica, veiculou em seu espaço editorial um conturbador discurso sobre o bom momento econômico vivido pela América Latina e, em especial, pelo Brasil. Enfático, relatou que o bloco tem de tomar cuidado para não sofrer uma queda dentro de um ambiente especulativamente favorável.

Novamente, talvez com o intuito de alfinetar, ou de alertar, o jornal avaliou que inúmeros problemas do país, tais como o trânsito problemático, o grande número de favelas, o deficiente sistema de tratamento de água e esgoto, bem como aeroportos e estradas hipotéticas, atrapalham o futuro majestoso do país.

O Financial Times, entretanto, não deixa de ressaltar os planos futuros do Brasil, bem como seu atual poderio econômico e o aumento de investimentos estrangeiros. No entanto, ressalta, que o futuro almejado pela nação ainda está longe de acontecer.

Leia também:  Valor do Salário Mínimo Ideal em Junho de 2017 deveria ser de R$ 3.727

Algo é positivo e já pensado anteriormente, nas entrelinhas, por especialistas e agora pelo FT. O país reduziu o Imposto sobre Produtos Industrializados (IPI) para o segmento de veículos automotores, mas com tantos problemas para melhor gerir o trânsito, onde caberão os tantos carros?





Além desses fatores, o veículo britânico relatou, conforme espelhado pelo portal de economia UOL, as dificuldades brasileiras em organizar as obras relacionadas à Copa do Mundo de 2014 e os Jogos Olímpicos de 2016, no Rio de Janeiro.

Com tantas informações, será que o governo terá uma réplica para tais suposições?

Leia mais sobre a reportagem acessando a matéria-base, na íntegra, aqui.

Por Luiz Felipe T. Erdei



Leia também:  Financiamento Imobiliário - Juros dos Bancos

Um comentário em “Financial Times critica precariedade do Brasil