Aumenta número de consumidores endividados no Brasil



  

Como já era de se esperar, assuntos pertinentes ao endividamento de consumidores brasileiros viriam, naturalmente, com o tempo. O clima de otimismo gerado pela redução do Imposto sobre Produtos Industrializados (IPI), bem como o bombardeio de notícias estimulando os brasileiros a consumirem, acarretaria endividamentos.

O portal Dinheiro do UOL identificou que o número de pessoas com dívidas em mais de um estabelecimento ou em agências bancárias, bem como ampliação no prazo de quitação de prestações, aumentou no mês passado. De acordo com estudo referenciado pela Associação Comercial de São Paulo, de cada 100 cidadãos endividados, 61 possuíam débitos com mais de um local.

Informações pescadas do Banco Central pela reportagem do UOL indicam que os prazos de financiamentos a partir de pessoas físicas saltaram de 488 dias, em média, em março do ano passado, para 526 dias no terceiro mês de 2010.

Leia também:  Consultar Nome no Serasa Experian pelo Computador




Uma recomendação feita pela Associação Comercial parece ser a mais sensata à atualidade: cuidados, por parte de consumidores e lojistas, pois a alta da Selic, juros básico da economia, poderá prejudicar tanto um lado quanto outro.

Fonte: Terra

Por Luiz Felipe T. Erdei