Taxa de desemprego se mantém equilibrada



  

A Pesquisa Mensal de Emprego (PME), estudo dirigido pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), constatou taxa de desemprego de 7,6% em março deste ano, levemente acima da averiguada em fevereiro, quando um percentual de 7,4% foi diagnosticado. Em relação ao terceiro mês de 2009 a atualidade é positiva, pois na ocasião o mesmo índice alcançou a casa de nove pontos.

De acordo com o levantamento, que indica a menor taxa para um mês de março em toda a história, iniciada em 2002 pelo IBGE, o número de pessoas desempregadas, ao todo 1,8 milhão, se manteve estável na comparação mensal e teve retração de 14,1% em comparação ao período igual do ano passado.

Leia também:  Nova Lei Trabalhista - Mudanças

O rendimento médio real dos trabalhadores constatado foi de R$ 1.143,40, acima em 0,4% em relação a fevereiro e 1,5% ante março de 2009.





Segundo o Canal Executivo UOL, a taxa de desemprego indicada tem por base pesquisa feita em seis regiões metropolitanas do país (Belo Horizonte, Porto Alegre, Recife, Rio de Janeiro, Salvador e São Paulo).

Fonte: UOL.

Por Luiz Felipe T. Erdei