Aumento Inflação Brasil – Projeção 2010 e 2011




O relatório Focus divulgado no primeiro dia de março revela que o mercado brasileiro aumentou suas projeções inflacionárias ao consumidor para 2010 e 2011, o que distancia, ainda mais, o centro da meta almejada pelo governo brasileiro.

A estimativa inicialmente mencionada ao Índice Nacional de Preços ao Consumidor (IPCA) era de 4,5% para 2010, porém, os movimentos do mercado fizeram com que houvesse aumento para 4,53%, depois para 4,86% há uma semana e agora, revisado, para 4,91%. Mesmo assim, por enquanto os especialistas não estão alarmados, visto que o índice pode configurar dois pontos para mais ou para menos, ou seja, pode cercear de 2,5% até 6,5%.


Segundo a agência de notícias Reuters, a projeção de 5,5% do Produto Interno Bruto (PIB) foi mantida em 2010, bem como ao ano que vem, para 4,5%. A taxa básica de juros, Selic, também permanece a mesma até o momento, com um índice de 11,25%.

Por Luiz Felipe T. Erdei