Empregos Formais em crescimento no Brasil




Carlos Lupi, ministro do Trabalho e Emprego, Luiz Inácio Lula da Silva, presidente do Brasil, bem como outras lideranças políticas parecem estar certos quanto à situação empregatícia brasileira. Recentemente, o Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (Caged) revelou que em janeiro deste ano, o país apresentou a criação de mais de 181 mil vagas formais de emprego, configurando, deste modo, o melhor janeiro desde 2000, ocasião na qual foi dado início à pesquisa.

Os dados são superiores aos vistos em 2008, o melhor resultado já registrado anteriormente pelo levantamento. Na ocasião, o Brasil havia criado quase 143 mil postos de trabalho. Ao todo, o saldo de vagas no primeiro mês de 2010 foi de pouco mais de 1,41 milhão de trabalhadores com registro em carteira, no mesmo instante em que 1,229 milhão de cidadãos foram demitidos.


De acordo com o Portal de Notícias G1, costumeiramente, os meses de janeiro compõem uma criação menor de vagas devido a uma menor atividade constatada nos período. O Ministério do Trabalho acredita que até o final de 2010 mais de 2 milhões de empregos formais serão gerados.

Clique aqui e leia mais sobre o assunto.

Fonte: G1

Por Luiz Felipe T. Erdei