Reajuste de Tarifas de Energia Elétrica pode sofrer Mudanças pela Aneel



A tarifação de energia elétrica foi um dos assuntos que renderam bons noticiários nos principais telejornais do país há poucos meses. Havia muita especulação, à época, sobre as possíveis distorções de cobranças aos consumidores. A justificativa, no geral, não era lá muito satisfatória.

Para por um fim nesse impasse, a Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel) decidirá, em 2 de fevereiro, mudanças no método de reajuste das tarifas de energia elétrica. Na ocasião, a alteração será executada por meio de um aditivo nos contratos de concessão com as empresas que distribuem a energia a residências e condomínios, segundo o Portal Dinheiro, do UOL.



Caso a alteração seja aprovada, entrará em vigor de imediato. Ainda segundo o Portal UOL, em fevereiro, aproximadamente 10% das distribuidoras brasileiras entrarão em processos de reajustes de acordo com os novos cálculos.

Leia também:  Previsão do Salário Mínimo 2018 sofre Redução

Surpreendentemente, o UOL decidiu fazer sua parte e calculou quanto de dinheiro foi relacionado dentro dessas distorções já mencionadas. A soma é de R$ 1 bilhão anuais, ou seja, muita cobrança indevida foi executada.

Conheça mais detalhes sobre o assunto e saiba alguns fatos aqui.



Por Luiz Felipe T. Erdei