Benefícios Previdenciários – Febraban e Ministério da Previdência prorrogam Acordo



  

O acordo acertado há pouco mais de dois anos entre a Federação Brasileira de Bancos (Febraban) e o Ministério da Previdência foi prorrogado por mais um ano. Isto foi estabelecido em virtude, conforme ressalta a Agência Estado, de o MP não ter de pagar às instituições bancárias serviços de processamento e pagamento de benefícios previdenciários.

José Pimentel, ministro da Previdência, revela que uma equipe de trabalho estruturada por técnicos do INSS e do Tesouro Nacional avaliarão como poderá ser executada a precificação do estoque de benefícios, que tem montante estabelecido em quase 30 milhões.





Mesmo assim, a Agência Estado aponta que a prorrogação desse acordo não denota que o governo brasileiro tenha abdicado dos interesses de fazer leilão do estoque vigente.

Leia também:  Salário Mínimo Ideal - Valor em Abril 2017

Confira a matéria detalhada, aqui.

Por Luiz Felipe T. Erdei