Crise Finaceira – Queda nas Exportações



  

A Agência Estado veiculou uma reportagem perturbadora em relação ao momento econômico brasileiro, mais estritamente na área de exportações do país. Segundo a notícia, o tombo visto em 2009 foi o mais gritante desde 1950, ocasião na qual houve uma série histórica do Ministério do Desenvolvimento, Indústria e Comércio Exterior.

No ano passado a queda apontada foi de 22,2%, refletindo, sobretudo, a crise financeira internacional. Para a AE, o desempenho exercido pelas exportações reflete como a economia de determinados países se comportam.





Não mencionado informalmente pela Agência Estado, cabe abrir, então, um parêntese. Se o país começou a ser o foco do mundo, como, então, se comportarão os investidores estrangeiros com esses últimos dados? Cabe, portanto, aguardar que essa queda seja semelhante em outras nações, pois, de fato, a crise financeira mundial dificilmente seria superada totalmente.

Por Luiz Felipe T. Erdei