Presidente do Fed prevê crescimento em ritmo lento




Bem Bernanke, presidente do banco central americano (Federal Reserve), afirmou que a economia dos Estados Unidos deverá continuar seu processo de recuperação no próximo ano, devido ao ritmo do mercado de trabalho e a concessão de créditos não ser lá o esperado.

Mesmo assim, crê que quando a recuperação for suficientemente boa, o Fed estará a postos para desativar medidas de impulso à economia, com a finalidade de se evitar altos índices inflacionários.


O discurso tem por base, mesmo não tanto otimista, a queda da taxa de desemprego, que desceu de 10,2% para 10%. Contudo, Bernanke não acredita que o consumo dos norte-americanos aumentará, afinal, ainda há certo receio por parte da população em relação à estabilidade empregatícia e o acesso restrito ao crédito.

Por Luiz Felipe T. Erdei