Comércio deve Ter Faturamento Recorde neste Natal



  

A Pesquisa Mensal de Comércio do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) serviu de suporte para a MB Associados afirmar ser o próximo Natal o maior da década. Já descontada a inflação, o faturamento concreto do comércio, para o instituto, deve se aproximar de R$ 92 bilhões.

Sergio Vale, economista-chefe da MB Associados, estima que os benefícios fiscais, tais como a isenção do Imposto sobre Produtos Industrializados (IPI) para a linha branca, automóveis, materiais de construção e móveis contribuiu, junto a uma perceptível melhoria na renda do brasileiro, foram e são importantes para esse otimismo.





Por sua vez, Emílio Alfieri, economista da Associação Comercial de São Paulo, declara que este Natal possibilitará a venda de muitos produtos, até aqueles considerados mais caros. Isto porque, somente nos primeiros quinze dias de novembro, o número de consultas para as vendas a prazo cresceu 0,7% em relação ao mesmo período do ano passado, o que denota uma ligeira mudança no consumidor.

Leia também:  Dinheiro das Contas Inativas do FGTS - Transferência para outros bancos

Por Luiz Felipe T. Erdei