Agosto apresenta queda no setor industrial em relação ao mês anterior



  

Com os últimos e otimistas dados veiculados por vários institutos pelo Brasil, nota-se, após a recessão técnica da crise financeira, que a indústria começa a se recompor.





Segundo informações da Federação das Indústrias do Estado de São Paulo(Fiesp), houve queda de 0,04% na criação de empregos em diversos setores industriais entre julho e agosto, mas sem a tal convenção, percebeu-se alta de 0,07%, o que representa a instituição de 1.500 novas vagas.

No entanto, em 2009 registra-se, no Estado, um nível de queda considerável em relação ao atual renascimento, por assim dizer, do momento financeiro do país, com cerca de 57 mil postos de trabalhos fechados.