Pesquisa revela que 77% dos pisos salarias não atingem de 1,5 salário mínimo



  

De acordo com dados divulgados pelo Dieese – Departamento Intersindical de Estatística e Estudos Socioeconômicos, os pisos salariais dos trabalhadores estão frustando sindicatos de diversas categorias. 

O balanço anual do Dieese analisou 628 pisos salariais de catagorias dos setoras da indústria, comércio e serviços e rural.





Segundo a pesquisa, o salário de 77% das categorias ficaram abaixo do valor de 1,5 salário mínimo, ou seja, R$ 622, considerando o valor do salário mínimo vigente em 2008, de R$ 415.

A grande maioria dps pisos (56%) ficaram abaixo de R$ 523, ou seja, 1,2 salário mínimo e apenas 2,9% das categorias conquistaram pisos superiores a dois salários mínimos (R$ 830).

Leia também:  Lei da Terceirização - O Que Muda no Mercado de Trabalho