Foi demitido? Veja como enfrentar a demissão de cabeça erguida





Em épocas de crise econômica, é inevitável o corte de mão-de-obras para a redução de custos. E quem é o mais prejudicado nessa história? O trabalhador.

É muito comum que a pessoa que foi demitida se sinta desolada e com a autoestima baixa. Porém, apesar de difícil, a demissão não pode ser vista como o fim do mundo. 




Veja aqui algumas dicas para enfrentar a demissão de cabeça erguida e ainda aumentar as suas chances de arrumar um novo emprego:

  • Evite chorar na frente do chefe e dos colegas de trabalho, mantenha a compostura. Deixe para se lamentar em casa, no travesseiro. A família e os amigos não vão deixar de te dar um ombro amigo caso perca o equilíbrio.
  • Não cause uma má impressão na hora que for dispensado. Evite brigar com o chefe ou falar mal da empresa, afinal, nunca se sabe o dia de amanhã, é bom deixar as portas abertas para uma nova oportunidade na empresa, além disso, você também poderá precisar deles para uma indicação de trabalho em outra empresa.
  • Por mais difícil que pareça, nunca perca o otimismo. Quase todo o mundo passa por uma demissão na vida e todos conseguem sobreviver. Mantenha-se otimista e de cabeça erguida, a confinaça irá ajudá-lo a conseguir uma nova oportunidade.
  • Faça contatos, mande e-mails para colegas, envie currículo em sites de empresas, comente com os seus amigos do tipo de vaga que procura. As oportunidades costumam aparecer quando menos esperamos.
  • Não fique parado. A pior copisa para quem perdeu emprego é ficar parado em casa, sem rumo. Crie uma rotina, defina horários para contatos, para entrega de currículos e aproveite o tempo livre para fazer alguma atividade que você sempre quis fazer mas nunca teve tempo quando estava trabalhando.
  • Use a demissão para se reciclar profissionalmente ou até mesmo mudar de área. Invista em você! Existem diversos cursos, palestras e treinamentos gratuitos por aí.