Atualizações anteriores



Comentários sobre Salário Mínimo, Previdência e Redução na Jornada de Trabalho


Nesta quarta-feira, 24 de novembro de 2010, o presidente Luís Inácio Lula da Silva, disse que o salário dos trabalhadores aumentou, durante o seu governo, a um valor acima da média da inflação, diferente do que aconteceu na gestão de Fernando Henrique Cardoso, seu antecessor.

Durante uma entrevista dada a blogueiros, Lula ressaltou que a redução da jornada de trabalho para quarenta horas semanais, cujo projeto está no Congresso, deve ser uma conquista não de um presidente, mas sim de um movimento.

Sobre o fator previdenciário, Lula disse que vetou o fim do mesmo, pois esta decisão iria quebrar a Previdência e prejudicar a aposentadoria dos trabalhadores.

Outro item comentado pelo presidente da república foi que seu governo fez acordo para o salário mínimo até o ano de 2023 mas, lamentou a não votação da questão pela Câmara dos Deputados.

Por Elizabeth Preático



Jornada de trabalho é de mais de 48 horas para mais de 600 milhões de pessoas


De acordo com dados da Organização Internacional do Trabalho (OIT), cerca de 614,2 milhões de pessoas no mundo todo trabalham mais de quarenta e oito horas durante a semana.

A pesquisa revelou que os homens tendem a trabalhar mais horas, enquanto as mulheres precisam de mais tempo para se dedicar à casa e à família.

Ainda foi constatado que pessoas mais idosas e os jovens são os que trabalham menos horas. O Peru é o país onde os trabalhadores possuem maior carga horária, seguido pela República da Coréia, Tailândia e Paquistão.

O Brasil está em décimo terceiro lugar. A OIT defende os acordos sobre as horas de trabalho, numa tentativa de proporcionar uma melhor qualidade de vida para o trabalhador, integrando saúde, segurança e compatibilidade com a vida familiar.

Fonte: http://noticias.r7.com/economia


Aprovada Redução da jornada de Trabalho para 40 horas semanais


Foi aprovada pela Comissão Especial da Câmara dos Deputados a Ementa Constitucional para a redução da jornada de trabalho de 44 horas para 40 horas semanais.

Esta redução não implicará na redução do salário e haverá um aumento de 50% para 75% do adicional sobre a hora extra.

Com a redução da joranda de trabalho o trabalhador poderá desfrutar de maior tempo para laser, atividades esportivas, educativas e culturais. Além disso, irá aumentar o emprego no país, pois a proposta irá inibir as horas extras, fazendo com que as empresas contratem mais mão-de-obra.