Atualizações anteriores



Poupanças com valores acima de R$ 50 mil terão cobrança de Imposto de Renda


O governo anunciou uma nova proposta para tributação da caderneta de poupança com valores acima de R$ 50 mil, a partir de 2010.

De acordo com o Ministro da Fazenda Guido Mantega, será tributado o valor excedente a R$ 50 mil. Por exemplo, numa aplicação de R$ 70 mil na caderneta de poupança, o contribuinte pagará imposto sobre o rendimento mensal da diferença, no caso R$ 20 mil.

A cobrança do Imposto de Renda somente será feita quando a Selic (taxa básica de juros) estiver abaixo de 10,5%. 

Será aplicado uma tabela progressiva, que varia de 0 a 100%, de acordo com a Taxa Selic sobre o valor acima de R$ 50 mil aplicado na poupança.

Só serão tributados rendimentos fixos de 0,5% ao mês, rendimentos correspondente à TR continuarão isentos. 

O IR será cobrado na fonte apenas quando o valor tributável for superior a R$ 1,5 milhão. Para valores inferiores, o ajuste será feito na declaração do imposto de renda do ano seguinte. 

Para evitar que todas as pessoas que têm poupança declarem o IR, o goerno definiu que só irá declarar quem tiver renda anual acima de R$ 17.989,80, somando a renda da poupança com outros rendimentos.

O objetivo destas mudanças é evitar a migração de grandes investidores para a poupança, que é feita para a aplicação de pequenos investidores.

De acordo com o presidente do Banco Central, se os grandes investidores migrarem para a poupança, faltariam recursos finaceiros no mercado para a realização de empréstimos.



Restituição do IR sobre férias vendidas: Receita publicou a regra para a devolução do imposto


A Secretaria da Receita Federal publicou no Diário Oficial da União (D.O.U.), as regras para a devolução do Imposto de Renda de Pessoa Física (IRPF), cobrado sobre férias que foram vendidas no período de 2004 a 2007. 

Para conseguir a restituição, o contribuinte deverá realizar uma declaração retificadora para cada ano em que as férias foram vendidas. Em cada declaração, o contribuinte deverá incluir no item “valor isento” o valor total do imposto pago nas férias vendidas. O mesmo valor deverá ser retirado do item “valor tributável“.

A Receita prevê a devolução de R$ 2 bilhões se todos os contribuintes que possuem este direito fizerem a declaração retificadora para ser restituído do imposto cobrado indevidamente. 

Clique aqui para ver as regras publicadas no D.O.U.



Emprestar dinheiro – você tem este costume?


Você tem o hábito de pedir dinheiro emprestado? Sim? Que tal reorganizar o seu orçamento?

Preste muita atenção nas taxas de juros cobradas por bancos e financeiras. Se os juros forem muito altos, não vale a pena solicitar o empréstimo.

Cuidado também ao solicitar antecipação do Imposto de Renda. Muitas vezes isso pode significar uma malha fina.



Imposto de Renda: Veja algumas dicas para evitar cair na Malha Fina


Esta é a última semana para a entrega da declaração do Imposto de Renda 2009. O prazo para a entrega é às 11h59min do dia 30/04/2009.

Para quem deixou para entregar na última hora, listamos para vocês algumas dicas de  erros mais comuns que podem levar o contribuinte a cair na malha fina:

  • Informe os rendimentos dos dependentes, como estágios, por exemplo. Uma dica é simular como ficaria a restituição sem o dependente, caso não seja vantajoso incluí-lo, não precisa mencioná-lo;
  • Pensão alimentícia só vale declarar quando passado por acordos registrados na justiça, ou fixados em escritura pública;
  • Aposentados com mais de 65 anos têm isenção do Imposto de Renda, se ganharem até R$ 1.372,81 por mês. Deve ser lançado na linha 6 da ficha “Rendimentos isentos e não tributáveis”. Aposentados com menos de 65 anos devem declarar como os demais contribuintes;
  • Declare somente gastos com Educação como creches, escolas, ensino fundamental, médio, técnico, tecnológico e superior (graduação e pós-graduação). Cursos de idiomas, academias, aquisições de livros não são dedutíveis; 
  • Em imóveis financiados, declare somente o financiamento das parcelas pagas até 31/12/2008;
  • O salário da empregada doméstica não poderá ser deduzido, o que pode ser abatido é apenas o INSS (Contribuição Previdenciária);


Curiosidade: Você sabe por que o Imposto de Renda é representado pelo Leão?


Época de declarar o Imposto de Renda e é muito comum ouvirmos as pessoas falarem que irão “prestar contas ao leão“. Mas você sabe qual é a origem do da relação entre o imposto e o leão?

Em 1979 a Receita Federal criou uma campanha publicitária e utilizou a imagem do leão na campanha de divulgação do tributo. Eles acreditaram que este animal era ideal para a campanha, pois tinha tudo a ver com o Imposto, pois o leão é um animal forte, justo, leal,  não ataca sem avisar, pode ser manso com quem não representa ameaças, mas não é bobo.

E era essa imagem que o governo queria passar para os contribuintes, que ele não seria “bonzinho”com os sonegadores.

A repercussão desta campanha foi um sucesso e, até hoje, a imagem deste felino está diretamente asociada ao IR.



Baixe aqui o Programa do Imposto de Renda 2009


A partir de hoje (02/03) a declaração do Imposto de Renda poderá ser feita. O programa da Receita Federal já está disponível para download

Clique aqui e baixe o programa do IR 2009 completo.

O prazo para a entrega da declaração é até às 24h do dia 30 de abril de 2009 e, são obrigados a declarar, pessoas físicas que receberam em 2008 rendimentos tributáveis (que pagaram impostos) acima de R$ 16.473,72. Também deverão declarar pessoas que receberam rendimentos não-tributáveis acima de R$ 40 mil.

Também deverão declarar pessoas que são sócias de empresas, pessoas físicas que possuem patrimônio superior a R$ 80 mil e para quem recebeu valores acima de R$ 82,5 mil em atividades rurais em 2008.

Mais informações em www.receita.fazenda.gov.br.



Tire as suas dúvidas sobre o Imposto de Renda 2009


A partir desta segunda (02/03), inicia o prazo para a entrega da declaração do Imposto de Renda 2009, ano-base 2008.

O que mudou neste ano?

  • Não é mais necessário informar o número do recido da declaração do ano anterior. Porém, as declarações que constarem o número do recibo terão processamento prioritário. 
  • A Declaração Final de Espólio, que se refere aos bens deixados por uma pessoa falecida, agora está integrada ao programa gerador da declaração comum. 
  • Agora, quem declarar até o dia 31 de março, e tiver débito do imposto, poderá agendar o pagamento da primeira cota do imposto em débito em conta-corrente. Para as adeclarações efetuadas até o dia 01 de abril, o agendamento do pagamento do débito só poderá ser feito a partir da segunda parcela. O parcelamento poderá ser feito em até oito vezes, para parcelas superiores a R$ 50. 

O prazo para a entrega da declaração será à meia-noite do  dia 30 de abril de 2009.



Não deixe para última hora! Contribuinte que entregar a declaração do IR no início do prazo receberá antes a restituição


A partir desta segunda-feira (02/03), a Receita Federal começará a receber as declarações do Imposto de Renda de Pessoa Física – IRPF 2009.

O prazo é até o dia 30 de abril e, se o contribuinte não entregar a declaração no prazo, terá que pagar uma multa de R$ 165,74.

O contribuinte que entregar a declaração do IR no início do prazo terá vantagens, pois será restituído mais rápido.  E além disso, para quem tiver débito do imposto e declarar até o dia 31 de março, poderá agendar o pagamento da primeira cota do Imposto de Renda em débito em conta-corrente

O primeiro lote da restituição começa em julho deste ano.



Receita irá liberar nesta segunda o Programa do IR 2009


O Programa do Imposto de Renda de Pessoa Física (IRPF) 2009, estará disponível para download  no site www.receita.fazenda.gov.br, a partir das 8h do dia 02 de março de 2009.

O prazo para entrega da declaração iniciará no dia 02 de março de 2009 e irá até o dia 30 de abril de 2009 atarvés da internet, nas Agências do Banco do Brasil ou da Caixa Econômica (via disquete), ou através de formulários nos Correios.

São obrigados a apresentar a declaração, pessoas físicas que tiveram rendimentos tributáveis superiores a R$ 16.473,72 em 2008. 

Neste ano o contribuinte não precisa informar o número do recibo da declaração do ano anterior.



Imposto de Renda: Empresas devem entregar comprovante de rendimentos ao trabalhador até o dia 27


A Receita Federal divulgou que o prazo para as Empresas entregarem o comprovente de rendimentos aos seus funcionários é até o dia 27 de fevereiro.

Este comprovante é necessário para que o contribuinte possa efetuar a sua declaração. Nele deve constrar informações sobre o valor todal dos rendimentos do trabalhador e o Importo de Renda Retido na Fonte (IRRF) durante o ano de 2008. 

A empresa que não entregar o comprovante ao trabalhador no prazo estipulado ou entregar com informações incorretas, deverá pagar multa de R$ 41,73 por funcionário, informou a Receita Federal.

O prazo para a entrega da declaração do Imposto de Renda é de 2 de março a 30 de abril de 2009. 

Mais informações em www.receita.fazenda.gov.br.



Saiba como reembolsar Imposto pago no período de férias vendidas


Está chegando a hora de pagar o Imposto de Renda e muita gente que “vendeu” parte das suas férias não sabe que pode reaver o valor do Imposto de Renda pago indevidamente, já que o período de descando convertido em dinheiro é uma indenização, não pode ser tributada. Esta regra é retroativa e vale desde novembro de 2006.

Veja abaixo algumas dicas de como proceder com relação a férias vendidas quando for declarar o Imposto de Renda neste ano.



Declaração do Imposto de Renda começa a ser recebida a partir do dia 02/03


A Secretaria da Receita Federal divulgou o prazo para a entrega da declaração do Imposto de Renda de Pessoa Física (IRPF) em 2009.

A declaração cemeçará a ser recebida a partir do dia 02 de março de 2009  até o dia 30 de abril de 2009.

Para enviar a declaração pela internet, o contribuinte deverá utilizar um programa de transmissão da Receita Federal. Além disso, poderá ser enviada por disquete nas agências da Caixa Econômica ou do Banco do Brasil ou através de formulário retirado nas agências dos Correios. 

Veja quem é obrigado a declarar o Imposto de Renda:

  • Pessoas Físiscas que receberam rendimentos tributáveis superiores a R$16.473,72 em 2008;
  • Contribuites que receberam rendimentos isentos não-tributáveis ou trubutados na fonte superior a R$40 mil no ano;
  • Quem obteve ganho de capital na alienação de bens ou direitos ou realizou operações na bolsa de valores, de mercadorias, de futuros, ou afins;
  • Quem teve posses de bens ou propriedades superiores R$80 mil durante o ano de 2008;
  • Quem teve receita bruta superior s R$82.368,60 em atividade rural no ano de 2008.

Mais informações em www.receita.fazenda.gov.br



Imposto de Renda: Dicas para não cometer nenhum erro na hora de declarar o seu IR


Todo o ano é a mesma coisa, mas existem pessoas que sempre cometem o mesmo erro na hora de declarar o Imposto de Renda.

Portanto, é bom você ficar de olho nestas dicas para não  se deseperar na hora de declarar:

  • Os comprovantes de movimentação finaceira devem ser guardados por todo o exercício financeiro;
  • Guarde bem da declaração fornecida pelo banco sobre a sua movimentação financeira, ela será útil na hora de declarar;
  • Declare todas as transações financeiras que efetuar, informe todos os valores pagos e recebidos e guarde os comprovantes;
  • Ao calcular, observe as novas alíquotas para 2009 (7,5%, 15%, 22,5% e 27,5%);
  • Evite deixar para última hora, quando você declara com antecedência e calma, corre menos risco de cometer pequenos enganos e cair na malha fina, além disso, quanto antes você declarar, mais cedo será restituído. 

Confira abaixo as novas regras para o Imposto de Renda que passam a valer neste ano: