Atualizações anteriores



Cresce número de jovens fora do trabalho e da escola


Há um bom tempo os homens deixaram de ser considerados os únicos responsáveis pelo sustento e manutenção das famílias e, na atualidade, esta acomodação está chegando a uma situação extrema.

Isto ocorre porque, segundo pesquisa realizada pelo Ipea (Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada), a quantidade de homens jovens que não trabalham nem estudam está cada dia maior no Brasil chegando, em 2010, a cerca de 1,107 milhões de pessoas.

E, ao contrário, as mulheres jovens estão cada vez mais realizando atividades de trabalho e estudo que, muitas vezes, são acumuladas.

Esta população que não realiza nem atividades laborais nem de estudo recebem apoio de suas família e residem em casas de baixa renda.

Por Ana Camila Neves Morais



Projeto de estrutura arquitetônica é apresentado na Unesp Bauru


Nesta semana foram apresentados projetos de arquitetura no Campus da Unesp de Bauru que foram elaborados pelos alunos do primeiro e segundo ano da graduação em Arquitetura, Urbanismo e Paisagismo.

As intervenções consistem em estruturas com tecidos tensionados que serão montados no anfiteatro, em uma praça, em diversas salas do campus e em frente à Biblioteca na Unesp de Bauru.

Este tipo de estrutura são alternativas às construções pesadas sendo ideais para áreas com sombreamento, coberturas e intervenções na paisagem.

Por Ana Camila Neves Morais



Escolas paulistas aumentam mensalidade além da inflação


As escolas paulistas subirão sua mensalidade para acima da inflação mais uma vez. Segundo o sindicato das instituições particulares, o reajuste será entre 6% e 8% para 2011. A inflação deve fechar o ano de 2010 em 5,29% (IPCA-IBGE) ou 5,49% (IPC-Fipe).

De acordo com dados da Fipe (Fundação Instituto de Pesquisas Econômicas), esse é o nono ano em que as instituições farão o reajuste acima da inflação. O dado só é válido se consideradas as mensalidades do ensino fundamental.

Além de São Paulo, os reajustes também superarão a inflação no Rio (9%), em Pernambuco (8%) e no Distrito Federal (7% a 14%). Em Minas Gerais, o sindicato prevê aumento entre 4% e 10%.

Fonte: Folha de S. Paulo

Por Luana Costa



Mensalidade Escolar mais cara em 2010 – Reajustes de até 7,54%


O famoso e tão aguardado dissídio salarial é um benefício que tão logo se mostra ilusório. No início do ano, os impostos dão cabo do restante do 13º salário. Além disso, para as pessoas que possuem filhos matriculados em escolas particulares, taxa de matrícula, 1ª mensalidade, entre outros, ocasionam alto gasto.

Em entrevista à Agência Estado, André Braz, economista da Fundação Getúlio Vargas (FGV), avalia que o reajuste nas mensalidades para este ano chegará à casa de 7%, constatado, pois, depois de uma coleta de preços dos serviços oferecidos pelo setor educacional nos primeiros dez dias de 2010.

Ao separar cada nível de ensino, constata-se que o maior reajuste deverá acontecer do 1º ao 9º ano do ensino fundamental, com média de aumento de 7,54%.

Já o ensino médio não passa distante, com ampliação estimada em 7,35%. A pré-escola, por sua vez, deve apresentar uma ascensão não tão significativa, de 6,67%. Por último aparece o ensino superior, com reajuste previsto em 4,05%.

Fonte: Agência Estado

Confira a notícia na reportagem do Jornal Nacional:

Por Luiz Felipe T. Erdei