Atualizações anteriores



Fazer CPF – Documento poderá ser Feito pela Internet


O Cadastro de Pessoa Física (CPF) poderá ser feito diretamente pela internet, divulgou Otacílio Cartaxo, secretário da Receita Federal. De acordo com ele, o serviço estará disponível já no final do mês de fevereiro deste ano.

O sistema atual e burocrático só pode ser feito pelo cidadão diretamente nas agências do Banco do Brasil e da Caixa Econômica Federal, além de estar disponível no Correios. No ato, a pessoa tem de pagar uma taxa de R$ 5,50 para que tenha direito a preencher o formulário. Caso precise regularizar ou solicitar segunda via do CPF, outra taxa é cobrada.

De acordo com o Portal G1, a população pode ainda procurar entidades conveniadas à Receita Federal, sem o pagamento de taxas. No entanto, o documento não é fornecido fisicamente; somente o número é visualizado. Maiores informações serão dadas em breve, na medida em que o órgão anunciar todos os detalhes.

Por Luiz Felipe T. Erdei



Cuidados com Contratos: revise antes de assinar e evite problemas futuros


Para evitar futuros transtornos, ao fechar um negócio, é imprescindível que a pessoa leia e analise cuidadosamente todas as cláusulas que constam no contrato.

Jamais assine um contrato quando não tiver certeza absoluta do que está escrito nele. Portanto, verifique bem as letras pequenas e, se tiver dúvidas com relação a termos complicados procure ajuda.



Denatran cria Banco de Dados Nacional de Motoristas


O Departamento Nacional de Trânsito (Denatran) criou a Base de Identificação Nacional de Condutores Ampliada (BCA), agora, além das insformações pessoais, o Denatran terá o histórico completo de cada motorisa. 

Com o BCA será possível obter informações de onde e quando o condutor realizou as provas para a emissão de carteira, nome da auto-escola, do instrutor e até do médico responsável pelos exames. Além disso, as multas estarão detalhadas e constará os pontos acumulados.

Isto possibilitará o acesso das informações do condutor a todos os órgãos estaduais (Detran) e ao Denatran. Além disso, o banco de dados irá agilizar os processos de transferência de carteira quando o mesmo tiver pendências adminisrativas no estado de origem, facilitando a vida do condutor.



Eleitor que não votou deve regularizar a situação no TSE


O Tribunal Superior Eleitoral (TSE) abriu o prazo para que os eleitores que não votaram e nem justificaram a sua ausência, possam regularizar a situação e evitar o cancelamento do título de eleitor.

O prazo é até o dia 16 de abril para que todos os eleitores que deixaram de votar em uma ou mais eleições compareçam a um Cartório Eleitoral.

Quem tiver o título de eleitor cancelado não poderá retirar documentos como identidade, CPF, passaporte, se inscrever em concursos públicos e até mesmos realizar empréstimos.

Clique aqui e consulte a sua situação junto ao TSE.



Você conhece todos os seus direitos? Confira aqui alguns serviços gratuitos garantidos por lei


Muias pessoas não conhecem todos os seus direietos e acabam gastando dinheiro à toa para conseguí-los.

Para tirar a segunda via de documentos e certidões é cobrada uma taxa. Mas, quem não possui condições de pagar a taxa, poderá preencher uma declaração dando informações da sua situação ficanceira e conseguir a segunda via gratuitamente, uma economia de aproximadamente R$30 por documento. Isso vale para RG, carteira de trabalho, certidões de nascimento e óbito. 

Se você for roubado também poderá conseguir a segunda via do seu RG gratuitamente, no Rio e em São Paulo, basta apresentrar o boletim de ocorrência registrado na polícia.

Você sabia que tem gente que tem direito a receber dinheiro em bancos e não sabe disso? Pois é, existe R$300 milhoes esquecidos nos bancos, esse é o dinheiro do PIS, um abono salarial concedido a todos os trabalhadores que ganham até dois salários e tiveram caretira assinada por no mínimo 30 dias.

Outro direito quese ninguém conhece é o DPVAT, todo o motorista poderá receber uma indenização em caso de acidentes com vítimas. Para ter acesso a este direito, as vítimas ou famílias, deverão entrar com o pedido no Departamento de Estradas de Rodagem (DER), em um prazo de até três anos após o acidente.



Teve seus documentos roubados? Faça um Boletim de Ocorrência.


Você teve os seus documentos roubados? Então não deixe de realizar o Boletim de Ocorrência.

Muitas quadrilhas podem utilizar esses documentos para realizar crimes e aplicar golpes.

Se você perdeu seus documentos, dirija-se a uma Delegacia de Polícia e abra um BO. Assim você terá garantia de evitar alguns aborrecimentos no futuro.

Para cartões de crédito e cheques, as operadoras também precisam ser avisadas imediatamente.