Destaque em Dicas

Atualizações anteriores



Tipos de aposentadoria – Como escolher a melhor?


A nova regra para a aposentadoria não substitui as alternativas anteriores. Cada caso deve ser avaliado para saber o tipo ideal para o trabalhador.

Com as novas regras para aposentadoria, algumas pessoas podem se sentir perdidas ao escolher o tipo certo de aposentadoria. A possibilidade de se aposentar mais cedo tem deixado muitos brasileiros empolgados, mas é necessário que cada caso seja analisado individualmente, para evitar surpresas na hora de receber o benefício.

A nova regra chamada popularmente de 85/95 é uma alternativa, mas não substitui as alternativas já válidas anteriormente, alertam os especialistas.

Saiba qual a aposentadoria ideal para você:

1 –      Pessoas que começaram a contribuir cedo:

Vamos analisar o caso de um homem que já tem 35 anos de contribuição e tem a idade de 55 anos. Pela nova fórmula (85/95) ele pode perfeitamente se aposentar com a idade de 55 anos já com seu salário integral, o que pode ser bem vantajoso.

2 –      Pessoas que se começaram a contribuir mais tarde:

Analisemos agora, o caso de um homem que começou a trabalhar aos 30 anos, e tem 55 anos atualmente.  Pelos cálculos, seu tempo de contribuição é de 25 anos, e quando somado com a sua idade não dará a soma mínima. Neste caso, o melhor a fazer é esperar mais dez anos, para se aposentar por idade e com o valor total de seu benefício, sob o risco de cair no fator previdenciário

3 –      O que é o fator previdenciário?

O fator foi criado para evitar que muitas pessoas se aposentem muito jovens, contando apenas com o tempo de serviço. Quanto mais jovem o trabalhador se aposentar, menor sua aposentadoria. Porém, quem contribuiu por mais tempo pode até mesmo ganhar mais do que a sua aposentadoria integral. Atualmente, o cálculo do fator é feito levando em conta quatro elementos básicos: a alíquota de contribuição, a idade do contribuinte, o seu tempo de contribuição e também sua expectativa de vida.

A decisão por qual aposentadoria escolher, vai depender destes fatores, e somente o contribuinte pode escolher o que é melhor para ele. Cada caso é diferente de outro.

Por Patrícia Generoso

Aposentadoria



Dicas para evitar dívidas desnecessárias


Em tempos de crise econômica, é preciso ter cautela e uma boa educação financeira para evitar contrair dívidas e ficar no vermelho.

Com a economia do país em crise, e a taxa de juros em alta, é um péssimo momento para se contrair dívidas, segundo os especialistas financeiros. Dívidas como o cartão de crédito, ou o cheque especial, podem em questão de meses, tornar-se uma bola de neve quase impossível de ser liquidada. Para evitar algumas armadilhas, confira as dicas abaixo:

– Faça planilhas de gastos:

Verifique todos os gastos fixos de sua casa: aluguel, financiamentos, mensalidades, contas como água, luz ou telefone, devem estar anotadas e ser consideradas “gastos fixos mensais”. Gastos eventuais, como saídas e viagens e compras supérfluas (roupas ou sapatos) devem ser anotados como “gastos eventuais”. Se a situação financeira não está das melhores, melhor cortar os gastos eventuais e fazer de tudo para economizar nos fixos. O segredo é manter a receita sempre acima dos gastos.

– Tenha uma poupança:

O brasileiro tem o hábito de não possuir reservas, e a qualquer instabilidade financeira, recorre facilmente a armadilhas de altos juros para cobrir as contas. Os especialistas afirmam que todos deveriam ter pelo menos 2 ou 3 meses de salário guardados na caderneta de poupança (investimento com menor risco), para evitar surpresas com alguma eventualidade.

– Avalie a necessidade da compra:

São basicamente três perguntas que o consumidor deve fazer:

– Eu preciso disso?

– Eu tenho dinheiro para pagar isso?

– Tem que ser agora?

Se todas as respostas forem afirmativas, a compra está liberada, mas se uma das perguntas deixou alguma dúvida, melhor adiar a compra para evitar o endividamento, além disso, as condições de pagamento e financiamento devem ser analisadas com calma antes de fechar qualquer negócio.

– Busque descontos:

Se está fazendo uma compra à vista, peça um desconto ao vendedor. A negociação é sempre uma boa arma para economizar algum dinheirinho e evitar surpresas no final do mês.

– Deixe o cartão em casa e diminua seu limite:

Por mais que a compra não seja necessária, a disponibilidade do cartão de crédito e de um limite alto no cheque especial pode gerar a sensação de dinheiro imediato, o que leva ao consumismo exagerado. Quando sair para as compras, leve somente o necessário, em espécie para evitar dores de cabeça no futuro.

As dicas acima são somente uma estratégia para o consumidor evitar maiores gastos. Se você é um consumidor compulsivo, ou se não tem mais controle sobre suas contas o melhor a fazer é uma reeducação financeira mais radical. Cursos como os oferecidos gratuitamente pela BM&FBovespa podem ser uma solução para reorganizar definitivamente seus gastos. Neles, os alunos aprendem estratégias de como evitar dívidas, como economizar e em alguns níveis mais avançados, como fazer investimentos para rentabilizar seu dinheiro.

Por Patrícia Generoso

Educação financeira



Dicas para economizar nas compras pela internet


Basta ficar atento a alguns detalhes para conseguir economizar também nas compras que realizar pela internet.

Nunca foi tão importante economizar na hora das compras e isso vale também para as compras online, ainda mais nos dias de hoje, onde o brasileiro se habituou tanto a comprar pela internet, mas é preciso cuidado também nas compras online para conseguir economizar mais.

E a primeira dica para você economizar em suas compras online é ficar atento ao valor do frete! É que tem muita gente comprando pela internet porque acessou uma loja virtual e viu que o tal produto desejado custa menos do que na loja física e vai logo comprando, sem se dar conta de que é preciso pagar o frete e neste caso, pode não ser tão vantajoso como se imaginava. Pegue o valor do produto, some ao valor do frete e aí sim, você poderá saber se compensa mais comprar pela internet ou na loja física.

Outra dica para economizar nas compras virtuais, ainda em relação ao site, é verificar se a empresa oferece frete gratuito para compras acima de um determinado valor. É que dependendo da situação, sua compra pode ficar bem próxima do valor estipulado para que o frete seja gratuito e aí é só você adicionar mais um produto que esteja precisando, para conseguir ganhar o frete, ou seja, com o valor que você ia gastar com o frete de seus produtos, você vai comprar outro item com valor semelhante.

Há uma grande quantidade de lojas virtuais que oferecem descontos relâmpagos, então procure adicionar estas lojas no “Favoritos” do seu navegador ou cadastre seu e-mail nestes sites para receber todas as novidades em seu e-mail e ficar a par de todas as promoções realizadas, mas lembre-se, não é economia comprar um produto só porque ele está na promoção, primeiro, verifique se realmente você precisa daquele produto.

E tanto para as compras físicas, como para as compras online, vale aquele antigo método de pesquisar muito antes de comprar e nesta hora, as compras online levam vantagem porque é muito mais fácil pesquisar pela internet, pois basta alguns cliques para você acessar outras lojas virtuais e comparar os preços.

Então aproveite a facilidade e pesquise bastante, porque esta continua sendo a melhor forma de garantir preços melhores.

Por Russel

Compras online



Saiba como passar pelo período de recessão econômica


Ultimamente, foram publicados diversos boletins, todos eles indicam uma situação econômica bastante complicada. Taxas de juros subindo além da taxa básica Selic, inflação crescendo de forma muito rápida, o Produto Interno Bruto caindo vertiginosamente, enfim, todos estes indicadores confirmam aquela ideia que ninguém gostaria de aceitar, mas que é inevitável: estamos perante uma recessão econômica

Admitir a crise é o primeiro passo para superá-la. Não adianta "remar contra a maré" porque a saúde econômica do país também depende do entendimento e da forma como a crise será enfrentada. Após entender que já estamos ingressando no período inicial da recessão, já estamos aptos para saber e planificar qual será a nossa conduta ao longo de todo esse duro percurso. 

Uma das principais questões a ter em conta numa recessão, é a necessidade de um planejamento e controle das despesas. Saber quais gastos são realmente imprescindíveis e quais não, qual é conta que merece maior atenção (aquela que possui uma taxa de juros maior que tem menos possibilidades de ser saldada caso vire uma "bola de neve") e, principalmente, ter consciência de que os supérfluos não poderão fazer parte da sua vida durante a crise.

Nesse período de economia desacelerada você não deverá estar sozinho, desta forma, conscientize toda a sua família que serão necessários esforços e empenho extra para passar por esta época da melhor forma possível.

Se puder, faça uma reserva para não precisar recorrer a empréstimos ou créditos consignados, caso apareçam despesas extras. Surpresas acontecem, entretanto, é preciso que as pessoas fiquem preparadas para qualquer eventualidade encontrada no meio do caminho. Ninguém está livre de um resfriado, de um eletrodoméstico quebrado ou de uma viagem inesperada a trabalho, por isso, a recomendação é tentar salvar um pouco da sua renda mensal numa poupança ou em fundos de renda fixa (melhor opção para os mais inseguros).

Caso você utilize cartões de crédito, fique atento ao que gasta, para não correr o risco de poder pagar só o valor mínimo e começar a acumular uma conta difícil de abater.

Como pode ser visto, a preparação para um período de recessão não é uma tarefa sobre-humana, mas merece muita atenção para que todos possam passar pelo período da melhor forma possível.

Por Melina Menezes

Recess?o econ?mica



Dicas do que fazer com o seu 13° salário


Final do ano chega e você recebe da empresa aquele seu tão esperado 13° salário. Sabendo que é um dinheirinho a mais que entrará em seu orçamento, o que você faz? Gasta? Vai fazer aquela viagem dos sonhos?

Bom, seja lá qual for sua decisão, saiba que ela precisa ser tomada com muita cautela, pois caso contrário você correrá o risco de passar o final de ano sem dinheiro nenhum.

Siga as dicas abaixo e veja algumas alternativas de utilizar seu 13° salário:

– Faça investimentos:

Os investimentos são alternativas mais seguras e rentáveis para seu dinheiro. Conheça mais sobre as opções de investimentos e invista de acordo com seu perfil. Pode ser bolsa de valores, poupança, títulos, entre outras diversas formas. Nesse caso, vale a pena investir 100% do seu dinheiro se o retorno dele for rentável para você e se você também conhecer bem a opção que escolheu para investir. Caso contrário, passe mais tempo pesquisando sobre as diversas opções de investimentos do mercado financeiro para ter toda a certeza na hora de investir e não fazer coisa errada, pois o prejuízo pode ser grande e irreversível.

– Utilize apenas 10% do dinheiro:

Você pode fazer também um planejamento com esse dinheiro. Para isso, reserve 10% dele para investimentos de longo prazo ou alguma coisa que você gostaria de fazer, comprar, etc. O restante você pode usar como deve, mas lembre-se de ter total responsabilidade pelos seus gastos. O ideal seria utilizá-lo para alguma necessidade que você já vinha planejando há tempos, como, por exemplo, a reforma de sua casa, a quitação daquela dívida ou ir viajar para ver um parente que mora em outro estado e que você não vê há anos.

Saiba que se o seu dinheiro for usado para uma coisa construtiva, você terá a consciência tranquila de que ele não foi utilizado em vão. Mas lembre-se sempre de investir pelo menos os 10%.

Por Daniela Almeida da Silva



Dicas de onde investir o 13º salário


Com a chegada do fim do ano, todo mundo logo espera os benefícios que são ofertados pelas empresas. Um deles é o 13º salário, que é dado ao trabalhador com carteira assinada em duas parcelas, sendo a primeira em novembro e a segunda em dezembro. Mas, como você pode aproveitar bem o seu 13º? Aqui vão algumas dicas de especialistas.

Ao receber seu 13º, pense bem antes de ir ao shopping e sair gastando esse dinheiro extra que recebeu, pois, caso você tenha alguma dívida alta como a de cheque especial ou cartão de crédito, aproveite a oportunidade para pagar já que os juros que correm sobre essas dívidas são altos. Vá ao banco e veja o que pode ser feito, veja se consegue adiantar parte do pagamento ou mesmo quitar a dívida.

Já para você que não está em nenhuma situação conforme as que foram citadas acima, aproveite para deixar sua casa em ordem, troque o que precisa e pague as festas do fim de ano à vista. Você pode também, guardar o dinheiro para pagar o IPVA, o IPTU e todas as despesas de começo de ano, que logo estão batendo à sua porta. Caso já tenha todo o dinheiro que necessita guardado, você pode investir esse valor, na poupança ou mesmo em investimentos nos bancos, pode também investir naquela tão sonhada viagem com a família e/ou os amigos.

Para que você possa aproveitar o dinheiro do 13º salário para viajar e se divertir, comece o seu ano fazendo um planejamento da sua vida financeira e pessoal, para ter um ano tranquilo e sem dívidas. Todo cuidado é importante para não pagar juros exagerados

Aproveite bem os benefícios que a empresa te oferece para ficar em dia com as contas e se divertir. Comece um ano livre das dívidas e se possível relaxado após todas as comemorações. 

Por Juliana Ghisi

Dinheiro

Foto: Divulgação



O que Fazer com o 13° Salário – Dicas


De acordo com a legislação trabalhista no Brasil, o dinheiro do décimo terceiro salário pode ser pago em duas parcelas. O primeiro pagamento acontece em qualquer mês antes de dezembro, o segundo até o dia 20 do último período mensal do ano.

Existem empregadores que fazem depósito integral da quantia apenas no mês de dezembro, fato considerado ilegal ao levar em conta as regras trabalhistas. De qualquer maneira, quem recebe o dinheiro extra pode começar a saldar dívidas antigas ou adiantar o pagamento de contas básicas.

Quem tem dinheiro sobrando em caixa promove uma linda festa no final do ano no sentido de presentear a família. Ou mesmo, faz viagens para locais distantes, para curtir um momento de paz, obter tranquilidade e assim começar o ano com as energias renovadas.

Porém, quem tem dinheiro de sobra também pensa em economizar ao invés de gastar e assim melhorar o planejamento dos gastos, aumentar a qualidade na disciplina financeira e ganhar força contra imprevistos que surgem no caminho.

Em termos práticos, grande parte dos especialistas indica que o principal destino do dinheiro extra equivalente ao décimo terceiro precisa seguir de forma imediata para pagar dívidas. É necessário ter em mente de que quanto maior o tempo para quitar, mais chances existem de aumentar os juros.

Vale ressaltar que a opinião de grande parte dos economistas converge com a pesquisa da ANEFAC (Associação Nacional dos Executivos de Finanças, Administração e Contabilidade), que entrevistou quase 640 consumidores ao fazer tal pergunta: O que você vai fazer com a quantia do décimo terceiro salário?

Cerca de 63% dos entrevistados indicaram que pretendem usar tal benefício no sentido de pagar dívidas contraídas de maneira prévia. Dos que pretendem quitar reveses financeiros, 33% desejam saldar o cheque especial, 25% débitos no cartão de crédito e 22% regularizar o nome “sujo”.

Por Renato Duarte Plantier



13º Salário – Quem tem Direito e Como Funciona o Cálculo


As regras que dizem como funciona o décimo terceiro salário no Brasil foram instituídas no ano de 1962, com a Lei 4.090. A gratificação de Natal existe não apenas em terras nacionais como também em outras economias nacionais ao redor do mundo.

Em termos legais, o décimo terceiro salário se equivale a 1/12 da remuneração ganha no ano, o que resulta no valor do salário bruto no mês, aproximadamente. Nesse sentido, se no ano existe doze meses, então os trabalhadores recebem treze salários mensais, ao levar em conta o extra da gratificação natalina.

Qualquer tipo de trabalhador tem direito ao décimo terceiro salário, independente do regime de trabalho, tais como: Formal (carteira assinada) ou informal (trabalhadores urbanos, avulsos ou domésticos). A partir do momento em que a empresa declara ter contratado força de trabalho, existe o dever de pagar o adicional de Natal, desde que tenha existido no mínimo quinze dias de atividades trabalhistas por parte do trabalhador.

Não se pode ignorar o fato de que aposentados e pensionistas do INSS (Instituto Social da Seguridade Social) também têm o direito de receber a décima terceira contribuição.

Como funciona o cálculo do décimo terceiro salário?

Para fazer o cálculo a pagar do décimo terceiro salário as empresas precisam considerar certos pontos:

  • A: No sentido de conseguir o resultado do total a pagar, as empresas dividem o salário integral e o multiplicam de acordo com a quantia de meses trabalhados.
  • B: As leis que se reservam ao assunto indicam que na contabilidade do salário devem estar presentes os valores adicionais de horas-extras, trabalhos noturnos, insalubridade, entre outras gratificações.
  • C: Trabalhadores que faltaram por valor além do que quinze dias não possuem direito de contabilizar o mês ausente no cálculo do décimo terceiro salário.

Tem dúvidas ou algo para dizer sobre o décimo terceiro salário? Então deixe o seu comentário.

Por Renato Duarte Plantier



Regras para o Parcelamento do 13º Salário


Trabalhadores que prestaram serviços por tempo maior do que quinze dias têm direito de receber o décimo terceiro, independente da quantia do salário ou se o trabalho aconteceu em regime celetista, ou seja, com carteira assinada.

De acordo com as regras trabalhistas, o ato de pagar décimo terceiro salário consiste em obrigação legal para qualquer empresa que empregue força-de-trabalho. De forma oficial, a gratificação natalina precisa acontecer em duas parcelas.

Conforme palavras oficiais presentes na Lei 4.749 instituída no dia 12 de agosto de 1965, o primeiro pagamento ocorre entre os dias 01 de fevereiro e 30 de novembro. O segundo, no máximo até o dia 20 de dezembro.

A última quantia traz na base o salário do último mês do ano subtraído pela quantia adiantada na primeira parcela. Independente da vontade das empresas, caso os trabalhadores desejarem eles podem receber o primeiro pagamento do décimo terceiro durante o mês de férias, desde que tenha solicitado de forma oficial ao empreendimento, no máximo até o último dia de janeiro.

Por vezes a data máxima para pagar o adicional de natal se encontra presente nos domingos ou feriados. Quando o fato acontece, empregadores têm direito de adiar o pagamento até o próximo dia útil.

Há empresas que gratificam ao pagar de forma única no mês de dezembro, fato considerado irregular e que precisa ser denunciado ao poder público, por conta do dano gerado aos direitos trabalhistas. Empregadores flagrados por quitar o décimo terceiro de modo não regular devem pagar multa.

Empregados que solicitam dispensa ou foram dispensados sem justa causa, também tem direito de receber a quantia de décimo terceiro equivalente aos períodos mensais que foram trabalhados no respectivo ano, inclusive quando há demissão em janeiro ou no mês de dezembro.

Trabalhador dispensado por justa causa não possui direito de receber o décimo terceiro salário.

Por Renato Duarte Plantier



Informações sobre o novo salário mínimo de 2014


Em Dezembro do ano de 2013, o Plenário do Congresso aprovou a proposta de Lei Orçamentária Anual (LOA) para 2014. Além de estabelecer o valor do salário mínimo em R$ 724,00, previsto para vigorar a partir de 1º de janeiro, o texto estabelece o orçamento da União para o próximo ano. Para ser efetivada, a proposta de Lei ainda depende de sanção presidencial.

Segundo o Jornal do Senado, o relator-geral da proposta, Miguel Corrêa (PT-MG), afirmou ter remanejado recursos para garantir o valor do salário mínimo em R$ 724,00 e o aumento de R$ 1,10 em relação à proposta anterior, o que ocasionou um gasto extra de R$ 250 milhões. O valor proposto para o salário mínimo era de R$ 722,90 anteriormente. Hoje o mínimo é de R$ 678,00

Segundo o texto de Lei, o valor total do orçamento da União é de R$ 2,48 trilhões. Em 2013, o valor aprovado  foi de R$ 2,28 trilhões. Para 2014, R$ 654,7 bilhões serão destinados para refinanciar a dívida pública da União. Para a saúde serão destinados R$ 95,7 bilhões e para a educação R$ 82,3 bilhões.

A LOA 2014 estabelece um investimento público de R$ 900 milhões e não está previsto nenhum corte nas despesas com pessoal. Entre as negociações do orçamento para 2014, o Fundo Partidário fechou com mais R$ 100 milhões sobre a proposta original, totalizando R$ 364 milhões em investimentos. Segundo a Legislação, 95% deste fundo devem ser distribuídos entre os partidos políticos, de acordo com a proporção de cada um na Câmera. O Fundo partidário também teve destaque nas negociações de orçamento de 2012 e 2013.

De acordo com a proposta de Lei, haverá um crescimento do Produto Interno Bruto (PIB) de 4%, a inflação prevista será de 5,3% segundo o índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA) e a taxa de juros (Selic) média de 9,29%.



Dicas FGTS – Reajuste Correto do fundo é um direito do cidadão


Todos os cidadãos brasileiros que tenham contribuído com o FGTSdesde o ano de 1999 têm o direito dado por lei trabalhista aoreajuste do percentual do FGTS. Para entender, o cálculo feito era de uma taxa sobre o depósito feito no mês vigente e de uma taxa de 3% a 6% ao ano.

Para contabilizar este reajuste do FGTS, o governo utilizava o reajuste dado pela TR (Taxa Referencial), baseada em índices errôneos, com isto, causando aos trabalhadores uma defasagem que pode chegar até a 88% do valor exato. A TR não acompanhava ao INPC (Índice Nacional de Preços ao Consumidor), indicador que acompanha a variação da inflação sobre os preços médios dos produtos e serviços, causando com esse erro, a correção inexata dos valores.

Para todos aqueles que tenham ou tiveram saldo no FGTS nos últimos 14 anos, deve procurar por um advogado trabalhista, movendo uma ação individual ou sindicato da categoria, no caso, para aproveitar ações coletivas, pois, para reaver a diferença no saldo, o trabalhador precisará mover ação contra a Caixa Econômica Federal, a entidade gestora do FGTS.

Ao solicitar os seus direitos é necessário que disponibilize os seguintes documentos: Extrato do FGTS desde 1999 ou conforme o período, tal documento pode ser recolhido junto a qualquer agência da Caixa Econômica, cópia do RG e CPF, comprovante de endereço, cópia da CTPS e PIS/PASEP e para os aposentados, apresentar cópia da carta de Concessão do Benefício.

Em relação a receber de imediato ou não os valores correspondentes, serão estabelecidos de acordo com a Justiça Federal, pois o FGTS possui regras específicas para os saques e, de qualquer maneira, a diferença pode ser reajustada ao saldo existente em conta e utilizada para outros benefícios, tais como a aquisiçãodo financiamento da Casa Própria.

Para os trabalhadores que já tiveram o resgate do FGTS, devido a demissões sem justa causa ou aposentadoria, verifique a melhor forma de entrar com a ação junto ao seu advogado.

FGTS.



Dicas para recuperar a energia após um dia de trabalho


Um problema enfrentado por milhões e milhões de pessoas em todo o mundo é quanto ao estresse, cansaço entre outros problemas logo após o seu expediente de trabalho. Isso mesmo, saiba que este é um problema bastante comum e recorrente em pessoas de todas as idades, sejam aqueles mais experientes e até mesmo nos mais jovens que apenas estão iniciando suas atividades profissionais.

Vale ressaltar que os problemas de estresse, sobrecarga, cansaço, desmotivação entre outros podem atrapalhar bastante a sua vida social e profissional. Com muito desânimo, cansaço e bastante estressado você não irá conseguir manter um bom relacionamento com seus amigos, parentes e colegas de profissão, bem como não irá conseguir desempenhar suas funções de maneira regular, ocasionando até mesmo uma demissão.

Se você está sofrendo com os problemas citados acima é importante saber que atividades simples podem fazer com que você supere esta atual fase. Na continuação desta matéria é possível conferir algumas dicas que vão o auxiliar contra tais problemas.

Uma dica extremamente simples, porém, irá trazer resultados ótimos é justamente não fazer nada. É isso mesmo, ao chegar do trabalho procure deitar-se seja no sofá ou na cama e mantenha a mente limpa e tranquila, nada de pensar em coisas que irão sobrecarregar sua mente. Essa dica e muito boa principalmente para aqueles que não atuam na área profissional que tanto desejavam e acabam se estressando por estarem trabalhando em algo totalmente diferente.

Além de fazer nada, se você se identifica com algum esporte ou um simples exercício físico procure praticá-lo. A prática de exercícios faz com que se aliviem as tensões e o estresse. Uma ducha quente também é altamente indicada após chegar de seu expediente, água morna ajuda a relaxar os músculos.

Outra dica que funciona bastante é realizar simples tarefas que você gosta como, por exemplo, assistir filmes, ler livros, ouvir as músicas favoritas, passear em um lugar com bastante natureza ou qualquer outra atividade, tudo isso irá fazer com seu cérebro de mantenha longe do estresse ocasionado pelo trabalho.

Por Bruno Henrique



Dicas para alcançar o sucesso


O sucesso pode ser compreendido como a realização plena daquilo que projetamos ao longo de nossas vidas. Obtemos sucesso, quando nos sentimos contentes com o que desenvolvemos, quando dessa atividade retiramos meios que garantam nossa qualidade de vida, status, reconhecimento.

Mas a estrada que leva ao sucesso é longa e com muitos percalços. Por isso além de ter um objetivo a ser alcançado é preciso ser disciplinado, prudente, visionário. E aí entra a importância do planejamento para tornar real o "sonho".

Diz o ditado que "ninguém vai pra guerra com as mãos abanando". Quando falamos em planejamento, estamos falando em conhecer todas as variáveis que podem contribuir positivamente para a realização do nosso ideal e também as que podem afetar negativamente. A partir desse autoconhecimento podemos estabelecer metas para otimizar e garantir o êxito em nossa empreitada.

A Universia Brasil confirma que a falta de planejamento e a imposição de objetivos muito grandes são erros que distanciam as pessoas dos seus sonhos. E sugere:

1- Pensar Pequeno: é o mesmo que dizer seja objetivo, sai da sua zona de vislumbramento para a sua atual realidade. Todos temos sonhos, mas só conseguimos realizá-los mediante muitos esforços, mas não aplicados em um único momento, mas várias vezes para se atingir um determinado resultado. Portanto, devemos fracionar o grande ideal em partes menores; 

2- Estabeleça objetivos a serem cumpridos no cotidiano: isso ajuda a diminuir a sensação de culpa;

3- Estabeleça Metas: cada vez que você cumpre uma meta certamente se sentirá mais feliz e motivado por está mais perto do seu ideal.

Ainda de acordo com a Universia Brasil, a grande vantagem em se adotar esse procedimento é a formação de hábitos saudáveis, isso melhora sua produtividade, pois, sua rotina estará fracionada com várias atividades a serem resolvidas ao longo do dia, diminuindo as possibilidades de fracasso, visto que assim é mais fácil detectar e corrigir pequenas ações e não o todo.

É importante ressaltar que todo projeto implica em tomada de decisão, em que  precisamos fazer escolhas e recusas e saber o momento exato de dizer "sim" e "não", que é fundamental nesse processo de conquista. Bons negócios pra você!  

Por Kesianne Ferreira

Foto: divulgação



Dicas de boas empresas para investir em ações


Quem investe no mercado de ações tem uma grande chance de ganhar dinheiro, contudo algumas avaliações podem ser significantes para quem deseja investir. Segundo o Infomoney algumas empresas geram mais dividendos que outras e desta vez a Telefônica dividiu o ranking com a Tractebel. O ranking estabelece as empresas com cotações nas bolsas brasileiras, que podem render mais, tornando-se uma ótima opção tanto para investidores com compra direta de ações quanto para fundos de investimentos.

A Telefônica ainda está no topo por conta do crescimento, que apesar de ficar um pouco abaixo do esperado, ainda mantém a empresa como uma boa fonte de investimentos ao médio prazo. Por isso vale considerar quanto tempo você pretende poupar e o segundo ponto é ter um objetivo. O mercado de ações é bom para quem tem outro investimento, pois o retorno pode ser em dois, três ou cinco anos.

É um investimento de risco e por isso é uma boa alternativa, gerando ativos maiores que outras aplicações. O ideal é que os investidores saibam investir e por essa razão buscar informações junto a uma corretora é essencial.

Já a Tractebel se mostrou uma empresa na defensiva, com um fluxo de caixa com números bem acentuados, além do bom desempenho em suas operações. Espera-se que a empresa gere dividendos de R$ 0,85/ação, após divulgar os números do último trimestre de 2013.

Empresas como CCR, Alupar, Grendene, Cielo, Valed, Vale, Banco do Brasil, Bradesco e outras também estão no Ranking da Infomoney, que leva em consideração as indicações de diferentes portfólios.

É possível investir até pouco menos de R$ 200 dependendo dos fundos de investimentos. Principalmente naqueles que podem obter retorno de índices comprados em cotas na bolsa. São os chamados conjuntos de ações, cujos dividendos são automaticamente reaplicados no próprio fundo. Os clubes de investimentos também são opções para quem deseja investir em ações. 

Por Robson Quirino de Moraes



Dicas de Como o Profissional Liberal pode Pagar Menos Impostos


No Brasil um dos grandes problemas que muitos profissionais liberais enfrentam é justamente quanto à questão de tributação financeira, caso você não esteja devidamente atualizado em relação a tal questão, é bem possível que você enfrente um rombo financeiro em sua empresa, por exemplo.

Para aqueles que ainda não sabem o que é exatamente um profissional liberal, saiba que o mesmo é um profissional com formação universitária ou técnica, dessa forma, o mesmo tem total liberdade para executar a sua atividade profissional, ou seja, ele pode ser empregado ou empregador, como exemplo de tais profissionais temos: médicos, arquitetos, dentistas, jornalistas, advogados, empreendedores, entre outros.

Quem possui uma empresa sabe bem o trabalho que é administrar a mesma independentemente de seu tamanho. Nesta matéria você irá conferir algumas dicas para pagar menos impostos e assim não ter aquela surpresa desagradável em seu orçamento.

O primeiro de tudo a ser feito é a contratação de uma consultoria contábil, a mesma irá o auxiliar desde a abertura de sua empresa até o funcionamento da mesma, nesta fase é importante conhecer os serviços da consultoria e não apenas os preços da mesma. Outra dica é quando contratar a abertura da empresa, também incluir a análise da opção tributária, que são: Lucro Real, Lucro Presumido ou Simples. Caso não saiba, a opção tributária vai vigorar durante todo o ano e sua finalidade é determinar o valor exato de imposto que sua empresa deve pagar.

Uma dica essencial é ir direto ao ponto, abra a empresa referente à atividade que você realmente deseja desempenhar, nada de arranjos com empresas iniciais diferentes daquilo que você realmente deseja atuar no mercado. Lembrando que a atividade da empresa determina a opção tributária, como por exemplo, se a atividade for impeditiva pelo regime do simples a opção do Lucro Presumido deve ser a escolhida.

Em relação à consultoria contábil contratada, exija sempre o balanço mensal, através dele são validados os resultados contábeis que irão fazer uma grande diferença. Além disso, é importante nunca misturar dinheiro da empresa com dinheiro de seu bolso: um é distinto do outro. Uma ótima maneira de pagar menos imposto é fazer a distribuição de lucros, porém, você deve estar atento ao balanço mensal para não cometer rombos na estrutura financeira da empresa.

Você ainda pode ganhar um prazo a mais para pagar os impostos federais optando pelo regime de caixa, que é apenas quando se recebe pelos serviços prestados e não pela emissão da nota fiscal. Outros detalhes como a solicitação periódica do controle das certidões e situação fiscal de sua empresa ajudam bastante.

No final de cada ano é importantíssimo realizar/solicitar uma análise comparativa em relação à tributação paga pela empresa em relação às opções permitidas, assim você saberá se deve mudar ou não de opção de tributação visando ao lucro e não aos resultados negativos no futuro imediato.

Por Bruno Henrique



Como cuidar bem do salário


Final de Janeiro, como de costume, já houve o reajuste no salário mínimo, mas como conseguir coordenar o salário que se recebe com as despesas? Bem, nesse fim das férias, comece economizando, fazendo uma tabela de quantidade de dinheiro que se quer economizar, como por exemplo, economizar vinte reais por semana até o final do ano ( tendo em vista o Natal ou férias, economizando isso por semana, da oitenta reais por mês, ou seja, daqui até o fim do ano você terá oitocentos e oitenta reais economizados, o que já ajuda bastante na hora de querer comprar presentes para as pessoas ou viajar, sem ficar apertado na época ).
Uma outra coisa também que ajuda bastante é controlar o que se gasta no cartão de crédito. A maioria das pessoas gasta adoidadamente com o cartão de crédito esquecendo que tudo aquilo será pago depois. Pense antes de comprar algo se você realmente precisa daquilo e, se realmente precisar, não compensa mais pagar à vista em vez de parcelado? Então faça um fundo de reserva para comprar essas coisas que você tanto quer, como geladeiras, fogões, até videogames ou computadores. Ou então, mesmo que você compre parcelado, já deixe o dinheiro para o mesmo reservado.
Uma outra coisa também que pode ser eficaz é você deixar uma porcentagem do seu salário guardado, no banco, de preferência numa poupança à parte para ser usada como se fosse conta corrente. Tem juros, apesar de poucos, mas já é algo que ajuda no fim das contas. Reserve de 20% a 30% todo mês que no final do ano, você terá dinheiro para fazer aquelas coisas costumeiras.
Investir em pequenas coisas, bolsa de valores, também acaba sendo uma boa para aqueles que gostam de arriscar, ainda mais nesse começo de ano, com a bolsa baixa, vindo de um ano ruim, e onde se tem altas muito grandes devido ao número de investidores que aparecem por aí. Então, se você está confiante do seu palpite, acho que vale a pena.
E, claro, sempre reserve uns dois reais por mês para tentar a sorte na lotérica. Vai saber, né? Sempre vale a pena tentar.

Mariana Caetano. 



Demissão – Quais são os Direitos do Trabalhador


A demissão é uma coisa comum e normal nos bastidores de qualquer empresa. Ela ocorre por vários motivos, como mau desempenho do funcionário, redução do quadro de colaboradores e quedas de produção. Muitas pessoas ficam confusas neste momento por não saberem quais são os seus direitos.

Todos nós trabalhadores temos direitos assegurados pela CLT (Consolidação das Leis do Trabalho), mas nestas situações acabam surgindo dúvidas, principalmente naqueles que nunca passaram por uma demissão. A maioria das pessoas conhecem melhor o FGTS e o seguro desemprego por serem mais populares, mas não é só isso, existe uma série de obrigações que devem ser cumpridas pelo empregador, conhecê-las basicamente é importante para garantir tudo o que devem receber. Confira todos os itens e veja como é calculado cada direito.

Saldo do mês:

Todo trabalhador deve receber o saldo total dos dias trabalhados até a data de rescisão.

Aviso Prévio:

Segundo a CLT, o funcionário deve ser comunicado da demissão com aviso prévio de 8 dias (se o pagamento for semanal) ou 30 dias (se o pagamento for quinzenal ou mensal). Quando isso não é executado por obrigação, a empresa deve pagar ao colaborador os 30 dias de aviso não comunicados, isto para aqueles que prestaram serviços a empregadora até um ano. Para os que passarem disso, ainda tem o direito de um acréscimo de 3 dias por ano trabalhado, por exemplo: foi trabalhado 3 anos em uma empresa, então são somados 9 dias com os outros 30, totalizando 39 a serem pagos.

Férias que iriam vencer no ano da demissão:

Neste direito se calcula das últimas férias gozadas até o mês que venceria as próximas. Imaginemos que sejam 5 meses, então é considerado que o colaborador prestou serviços em 5 meses de 12. Então deve ser pago proporcionalmente 5/12 do salário atual do funcionário.

Férias vencidas não gozadas:

Se for este o caso do colaborador ter tido férias vencidas e não aproveitadas no ano de demissão, deve ser pago a quantia integral das férias e mais um abono de um terço delas.

13º proporcional:

Funciona quase como no sistema de férias proporcionais. Se conta do primeiro dia do ano (no caso 1 de janeiro) até a data de demissão, incluindo o aviso prévio. Se a demissão ocorrer no começo de novembro, então deve ser pagos proporcionais de 11 meses de 12 do atual salário.

Saque do FGTS:

Todo colaborador demitido sem justa causa tem o direito e opção de poder sacar todo o saldo depositado pela empresa durante o período de contrato em sua conta de fundo de garantia.

Multa de 40%:

Deve-se pagar uma indenização de 40% em cima do saldo do FGTS, como por exemplo: se no fundo de garantia de um determinado trabalho tiver um valor de R$ 2.000,00, deve ser acrescentado a mais R$ 800,00, totalizando R$ 2.800,00.

Se algum desses direitos não for respeitado, procure orientação e não deixe nada para trás, é um direito de todos e deve ser devidamente cumprido por toda empregadora ou empregador.

Por Jonas Zair Vendrame



Horário de Verão – Dicas para Economizar Energia Elétrica


O horário de verão brasileiro começará esse ano a partir da meia-noite de domingo, dia 21 de outubro. Os moradores da região Sul, Sudoeste e Centro-Oeste deverão adiantar seus relógios em uma hora. Na região Norte, só o Estado de Tocantins também terá que se adequar ao horário de verão.

O horário de verão inicia no dia 21 de outubro e termina no dia 17 de fevereiro do ano que vem. Saiba agora como você também pode aproveitar o horário de verão para fazer uma economia na conta de energia elétrica.

Em primeiro lugar, aproveite o maior tempo de luz natural. Abra as janelas e fique atento com as luzes acessas desnecessariamente em sua casa.

Outra boa opção para quem quer economizar com o gasto de lâmpadas é utilizar nos ambientes luzes dirigidas, como luminárias e abajures. Segundo a Eletrobrás, elas podem dar mais conforto na leitura ou estudo e ainda proporcionam uma economia de energia, visto que suas lâmpadas possuem geralmente uma potência menor que as de iluminação geral de ambientes.

Aproveite também os dias mais quentes para tomar um banho com o chuveiro em uma potência menor ou mesmo desligado. Segundo pesquisa da Eletrobrás, o chuveiro é responsável, em média, por 24% da conta de energia elétrica no consumo residencial.

Fonte: Infomoney

Por Matheus Camargo



Nova Lei do Aviso Prévio – Informações


Após a confirmação da lei 12.506/11 no ano passado, ainda podemos admitir que existem várias dúvidas, principalmente se tratando de uma lei trabalhista na qual se refere a cálculos de períodos de avisos prévios.

A nova lei institui que o aviso prévio em regime de contratação CLT só será cedido, durante 30 dias corridos, ao trabalhador que tenha pelo menos 1 ano de trabalho com carteira devidamente assinada na mesma empresa.

Ainda será acrescentado no aviso prévio 3 dias por ano de serviços prestados pelo trabalhador na empresa, somando até no máximo 60 dias corridos e podendo concluir um total estimado de até 90 dias, sendo válido apenas para trabalhadores com 2 anos ou mais em carteira assinada.

Por exemplo, se um funcionário prestou serviços durante apenas 1 ano na empresa, ele terá só o aviso prévio de 30 dias. Já se o funcionário prestou serviços à empresa durante 2 anos, será concedido a ele os 30 dias de aviso prévio mais o acréscimo de 3 dias.

Para mais detalhes consulte o site www.suaeconomia.com.

Por Daniela Almeida da Silva



Orçamento Familiar – Dicas de controle de gastos


Ainda que a economia brasileira tenha apresentado um crescimento acima dos 4% ao ano nos últimos tempos, a escassez de recursos monetários por parte da população das classes C e D implica maior importância para o planejamento e o orçamento dos gastos familiares. Não adquirir dívidas de valores monstruosos é um dos principais objetivos dessa estratégia de gastos eficientes.

Alguns conselhos de especialistas em finanças pessoais podem se encaixar nas suas necessidades atuais, seja para tirar dúvidas, pagar uma dívida ou simplesmente escolher entre parcelar uma compra ou pagar à vista. Para isso, recomenda-se criatividade. Sim, criatividade!

Geralmente os gastos são controlados (ou não) via planilhas eletrônicas e ferramentas de gestão de receitas. Entretanto, para você que prefere algo mais direto e não gosta muito de matemática, utilizar a criatividade e contar com sugestões de guias financeiros é uma saída rápida às dúvidas.

Dicas de sites:

O site Minhas Economias (www.minhaseconomias.com.br), por exemplo, foca nas maneiras simples pelas quais se pode alcançar qualidade de vida.

O blog Finanças Pessoais (financaspessoais.blog.br) é outra dica para adquirir conhecimento suficiente para uma boa gestão das finanças pessoais.

Se necessitar de informações mais apuradas sobre o assunto, o site InfoMoney (web.infomoney.com.br) é uma boa escolha.

Por Diego Alvim



Serviço gratuito para quitação de dívidas – Serasa Experian


Os brasileiros ainda se sentem encorajados em adquirir novas dívidas. Os índices de otimismo indicam essa disposição, além de números de vários setores, como é o caso de veículos automotores, imobiliários, entre outros. A quitação de débitos no final do ano, graças à inserção do 13º salário, estimulam, logo em janeiro, a contração de novas compras, por conseguinte, novos endividamentos.

Se aquisições são realizadas e, por algum motivo, não são pagas num determinado prazo, o nome do cidadão estaciona nos Serviços de Proteção ao Crédito (SPC). Com isso, é pouco possível efetuar outras compras parceladas por meio de cheques e cartões de crédito.

Para solucionar problemas como esse é que a Serasa Experian inaugurou o ‘Serviço Gratuito de Orientação ao Cidadão’. Com ele o endividado pode receber informações de como quitar suas dívidas. Oferecido em locais adequados, com segurança eficaz, a pessoa tem a oportunidade de negociar valores diretamente com a empresa reclamante, sem, com isso, ter de contratar serviços terceirizados.

Para saber mais, a Serasa dispõe o telefone (11) 3373-7272.

Por Luiz Felipe T. Erdei



Cuidados na Hora de Escolher o seu Seguro


Na hora de garantir a cobertura financeira contra um sinistro, seja ele um automóvel, um imóvel ou até uma vida, alguns cuidados são imprescindíveis. Busque referências das empresas no mercado e peça aos amigos algumas indicações de um corretor de confiança, com registro na Superintendência de Seguros Privados (Susep).

"É fundamental definir o perfil do cliente antes de assinar o contrato. As características do segurado vão determinar as necessidades e o valor do seguro", orienta Dirceu Cadena, da Cadena Seguros,no Recife (PE). Evite omitir informações e não diga 'pequenas mentirinhas'. "Se for comprovado que houve ma fé no preenchimento do perfil, a seguradora tem direito de se recusar a pagar o sinistro, ou seja, negativar a cobertura", alerta ele.

Conferir a data de vigência da apólice foi fundamental para o advogado recifenseEdson Batista, 40 anos, que sofreu um sinistro no dia do vencimento do seguro. "Eu comprei um veículo usado e fui roubado no mesmo dia. A apólice do seguro vencia à meia-noite daquele dia, então recebí o valor do carro de volta. Desde então eu não tenho carro sem seguro", desabafa Batista.

Ao fechar um seguro pergunte quais são as empresas credenciadas à seguradora. Na renovação, verifique mudanças de idade, endereço ou trabalho. Feito tudo isso, você vai torcer para que não aconteça nada. Mas em caso de sinistro, certamente você terá a cobertura do seu patrimônio.

Por: Alexandre de Souza Acioli



Seguros – Tipos e Cuidados na hora da Contratação


Passou-se o tempo em que se afirmava que contratar seguro é sinal de ‘mau agouro’, um serviço caro e desnecessário. A sabedoria popular diz justamente o contrário. Quem não conhece os ditados populares que afirmam: "é melhor prevenir do que remediar" e que "o homem prevenido vale por dois"? Pois bem, eles podem ser utilizados para justificar a contratação de um seguro: prevenção.

Contratar um seguro é a forma inteligente de se prevenir contra imprevistos e não ser pego de ‘calça curta’ quando eles surgirem. Infelizmente, a população ainda conhece muito pouco sobre este serviço e a maioria só tem conhecimento da existência dos seguros de vida, de saúde e de automóveis. Mas existem muitos outros, para as mais variadas necessidades: seguro-fiança locatícia, residencial, de acidentes pessoais, riscos diversos, viagens, contra roubo e furto qualificado, de responsabilidade civil (geral ou profissional), incêndios, de renda ou previdência privada entre tantos mais.

Todos são importantes e têm o objetivo de resguardar a vida e o patrimônio das pessoas e de empresas. A sua utilização permite recuperar, parcial ou integralmente, o valor do bem perdido. "Mas se em alguns casos não resolve 100% a necessidade de quem os contrata, pelo menos ameniza os problemas financeiros e os prejuízos causados pelo sinistro", explica Valter Fonseca, da Caxangá Seguros, que recomenda só adquirir produtos de companhias sólidas e confiáveis.

Mas atenção: antes de contratar qualquer serviço o cliente deve analisar as suas necessidades, as coberturas oferecidas, condições para utilização, prazos, preços e condições de pagamento. Esse procedimento ajuda a evitar problemas e insatisfações futuras.

Por: Alexandre de Souza Acioli



Abusos contratuais e o direito do consumidor


Imagine comprar um pacote de arroz e na embalagem estiver escrito que apenas 10% do conteúdo do produto poderá ser usado com garantia. Absurdo não? Mas é isso que operadoras de celulares e banda larga prometem para serviços de conexão de internet.

Por exemplo, você compra um pacote de 3Mb para interligar seu computador a rede mundial e garantidamente você terá apenas 300Kbps para usar. Isso faz parte de uma das práticas contratuais abusivas e motivo de reclamação por parte dos consumidores. Outros abusos praticados em contrato são:

  1. Estabelecer elevadas multas por inadimplência;
  2. Cobrar anuidade por cartão emitido em seu nome, sem autorização de desbloqueio;
  3. Impor foro específico para pagamento, dificultando em vezes a locomoção do consumidor;
  4. Enviar nome para cadastro de inadimplentes enquanto houver discussão jurídica;
  5. Permitir retirada de valores da conta bancária, depois de ter havido notificação por parte do correntista, de perda ou roubo de cheques ou cartões bancários.

Portanto, fique de olho nos contratos!

Por Rogerfarias

Fonte: Proteste



Tipos de Aposentadoria – Dicas na Hora da Escolha


Já está pensando em se aposentar? Conheça os tipos de previdência privada que melhor se encaixam no seu perfil. Se faltam mais de dez anos para você se aposentar, os bancos e seguradoras oferecem planos privados de aposentadoria.

Agora se faltam menos de dez anos, prefira investir em ações, títulos do governo, CDB ou caderneta de poupança. Para quem é assalariado e quem vive da renda de aluguel recomenda-se o plano de aposentadoria PGBL.

Quem é sócio de empresas, ou profissional liberal deve optar pelo VGBL. Já quem é disciplinado e não irá sacar o dinheiro antes da hora, pode utilizar uma carteira própria.

Economistas avisam, que quando chegar a hora de você se aposentar prefira sacar o dinheiro todo, ao invés de fazer saques esporádicos. Isso porque se você morrer seu dinheiro não poderá ser sacado por seus herdeiros, ele voltará ao banco. Em todos os casos, lembre-se de conversar com seu gerente, ele poderá te indicar o melhor plano de aposentadoria.

Fonte UOL

Por Fernanda Peixoto



Dicas de Como Economizar Dinheiro


Você não vê o dia de receber seu salário, para pagar suas contas, comprar roupas novas, sair prá balada sem se preocupar muito com o  din din. Mas sem que você perceba sobrou mês pro seu dinheiro… então é hora de você começar a se questionar sobre alguns gastos excessivos que anda tendo. Valem então algumas dicas de como fazer sobrar dinheiro no fim do mês!!!

1º – Pense bem antes de sair gastando, pare, pense, respire, pense novamente. Reflita se você realmente necessita do que está comprando, será mesmo util ou vai ficar em casa só ocupando espaço. Evite agir pelo impulso da compra.

2º – Evite comprar "bugigangas", coisas como canetas, brincos, pulseiras, enfeites entre outras coisitas mais, eles podem parecer baratinhos, mas muitas vezes acabam sendo os vilões do mês.

3º – Guarde o dinheiro antes de começar a gastar. Receba o dinheiro, já defina a quantidade a ser destinada à poupança, deposite o valor estipulado, e só em seguida comece a gastar. Pois deixar para guardar o dinheiro que sobra é mais difícil. Até porque pode nunca sobrar…

4º – Procure pesquisar antes de comprar pelo menos em 3 lugares, pois é comum depois que compramos o que queremos encontrarmos o mesmo produto com um valor inferior em outro estabelecimento.

5º – Deixe sempre um valor separado, reservado para momentos de lazer, ou para pequenos imprevistos que possam ocorrer. E nada de recorrer a poupança, Esqueça – a .

Tenha sempre em mente esses 5 passos, com certeza você conseguirá fazer seu dinheiro render mais, e ficar satisfeita ao final do ano, quando poderá comprar o que precisar, sem precisar se endividar, ou quando puder viajar, ou quem sabe até comprar um carro. Já pensou! Vale a pena usar seu dinheiro de forma mais racional. você irá me agradecer por essas dicas.

Por: Carla G. Leme



Dicas para Economizar o Seu Salário


Muitas pessoas não conseguem fechar o mês com um resultado financeiro positivo. E isto muitas vezes acontece por uma falta de controle sobre o próprio orçamento doméstico. Por isto, uma dica para que você possa passar seus meses de forma mais tranqüila e segura, é já fazer um planejamento mensal antes mesmo do salário chegar.E não é nada complicado não. Basta listar as despesas fixas, com um valor prévio baseado no mês anterior, bem como aquelas que serão pagas apenas naquele mês, excepcionalmente.

Também é importante se ter um valor especificado para despesas com supermercado, visto que acabamos às vezes gastando desnecessariamente nestes lugares. Com isto, você já terá uma prévia de quanto poderá gastar, quanto vai sobrar e qual será o valor que poderá ser gasto para o lazer e com investimentos na poupança, por exemplo.



Compras parceladas com cartões – Vantagens e Desvantagens


O R7 conversou com alguns consultores sobre as vantagens e desvantagens em se comprar utilizando os cartões de lojas, que costumam parcelar as compras em até oito vezes.

É importante que o consumidor esteja atento para saber qual é o pagamento mais vantajoso. Geralmente, as lojas oferecem um parcelamento de até cinco vezes sem cobrança de juros, o que parece ser o mais indicado.

Mas, para quem conseguir pagar à vista e ainda obter um desconto maior, sem dúvida, é o melhor caminho. Segundo Rogério Frutuozo Canaverde, educador financeiro do Instituto DiSOP, não existem parcelamento que não tenha um juros já embutido no preço do produto.

Fonte: http://noticias.r7.com


Aumento Salarial – Como pedir aumento para o seu chefe


O salário está relacionado intimamente ao padrão de vida da pessoa, portanto o ideal é ter um salário condizente com a projeção pessoal. No entanto não é fácil decidir como negociar um salário melhor.

O conselho dos especialistas é fazer uma análise de como o salário é ‘pensado’. É por produção? É por comparação? Está atrelado à metas? Averiguar de onde vem o salário ajuda-a a ter uma visão ampla se algo deve ser melhorado.

Mas e quando o salário é fixo? Primeiramente certifique-se de que é autosuficiente e faz seu trabalho em sua totalidade. Faça uma análise honestamente de sua visão em relação ao futuro da empresa e em que você está contribuindo para ele.

Depois de rever seus cálculos considerando projetos pessoais futuros, exponha ao seu superior o que você pensa sobre seu trabalho, as melhorias que podem ser feitas, suas expectativas quanto ao futuro, se lhe foram ofertadas novas propostas. Não hesite em falar no valor pretendido, pode apostar: patrão aprecia quem tem projeções pessoais.



FGTS – Quando e Como Fazer Saque e Depósitos


Muitas Pessoas tem dúvidas quanto ao uso do Fundo de Garantia por Tempo de Serviço, o também chamado apenas de FGTS.

Tentando ajudar a estas pessoas, o UOL preparou uma matéria especial tentando sanar as principais dúvidas.

Entre as principais questões debatidas no vídeo, estão as de Quando e Como Sacar o FGTS? Se é possível depositar por conta própria? O Uso do FGTS para compra de imóveis.

Confira estas e outras dúvidas sobre o uso do FGTS no vídeo abaixo:



Trabalhar em Casa exige muita disciplina e responsabilidade


Cada vez mais pessoas estão deixando de ser empregados e se tornando patrões de si mesmo. Isso por que o número de pessoas que abriram seu próprio negócio, trabalham por conta própria ou trabalham em casa está aumentando cada vez mais.

Obviamente, o trabalho em casa não traz tantos benefícios quanto o registrado, mas traz alguns confortos, porém são essas regalias que podem vir a atrapalhar essa forma de trabalho.

Não ter horário certo, por exemplo, é um conforto, porém se a pessoa não tiver disciplina isso acaba sendo um empecilho para o crescimento de seu negócio.

Ser seu próprio chefe também pode acarretar problemas, pois não existe certas cobranças, até mesmo quanto a prazos.

Sendo assim, é ótimo ter regalias, porém a pessoa tem que estar preparada para saber controlá-la ou será melhor trabalhar para alguma empresa que o faça.



Cuidados com Contratos: revise antes de assinar e evite problemas futuros


Para evitar futuros transtornos, ao fechar um negócio, é imprescindível que a pessoa leia e analise cuidadosamente todas as cláusulas que constam no contrato.

Jamais assine um contrato quando não tiver certeza absoluta do que está escrito nele. Portanto, verifique bem as letras pequenas e, se tiver dúvidas com relação a termos complicados procure ajuda.



Como se planejar para a Aposentadoria e se adaptar a esta nova rotina


Após anos dedicados ao trabalho, chega o momento de se aposentar. O que para uns é motivo de alegrias, para muitos esta nova fase pode gerar alguns problemas de adaptação.

O aumento do tempo livre, rendas menores, isso pode fazer com que trabalhadores que acabaram de se aposentar fiquem depressivos e se sintam inúteis.

Confira algumas dicas importantes de como se planejar para a sua aposentadoria e se adaptar a esta nova rotina:



Cidades do interior oferecem oportuniades de emprego com salários bem maiores do que nos grandes centros


Uma pesquisa revela que 51% das oportunidades de trabalho estão fora da região Sudeste, centro econômico do Brasil.

Profissionais estão migrando para as cidades menores em busca de oportunidades melhores de emprego. Profissionais qualificados podem ganhar mais do que o dobro do salário pago nas grandes metrópolis.

Além de mais rentável, o trabalho no interior também pode trazer mais sossego e tranquilidade ao trabalhador.

Veja a reportagem sobre o assunto:



Empreendedorismo: Dicas de como montar um negócio próprio e se dar bem


Abrir um negócio e trabalhar sem chefes é o sonho de muita gente. O empreendedorismo está em alta, a cada mês surgem novas empresas no Brasil, mas nem todas conseguem manter as portas abertas por muito tempo.

Para você que quer montar o seu negócio e se dar bem precisa, antes de tudo, saber planejar e gerenciar o seu negócio. Veja no vídeo abaixo, dicas de um especialista para abrir um negócio de sucesso.



Fique de olho nas taxas de juros e evite cair nas armadilhas da compra a prazo


O valor do juros no Brasil ainda é muito alto, por isso o consumidor deve ficar de olho na hora de comprar algo financiado ou parcelado.

Com os juros altos, o consumidor pode se endividar ainda mais. Para não acumular dívidas não ficar no prejuízo, fique de olho nas taxas de juros dos produtos. Comprar algo parcelado pode duplicar o valor do produto.

O ideal é economizar para tentar comprar o produto à vista, pois, além de conseguir mais descontos, você evitará cair nas armadilhas dos juros. Financiamentos e compras parceladas só devem ser feitas com juros zero. 

Assista esta reportagem do Jornal Hoje sobre o assunto:



Veja dicas seguras de como receber dinheiro do exterior


Muitas pessoas possuem parentes no exterior que precisam enviar dinheiro para o Brasil e não sabem como. Caso precise receber dinheiro de outro país, as formas mais seguras e legais, dentro da lei,  são as seguintes:

  •  Werstern Union (WU): O Banco do Brasil possui convênio com a WU em diversos países. O dinheiro depositado via WU chega ao BB e pode ser transferido para a conta solicitada, pode ser de qualquer Banco. Quando for receber o dinheiro pela primeira vez, você deverá comparecer a uma Agência do Banco do Brasil para assinar uma autorização dos seus recebimentos.
  • Swift: Outra forma, um pouco mais cara do que a WU, é a tranferência entre bancos via Swift. Todos os bancos grandes do exterior, inclusive agências brasileiras, realizam este tipo de serviço. É bem mais rápido e mais fácil que a WU, já que o dinheiro é transferido imediatamente para o seu banco.

Para mais informações sobre Western union acesse www.westernunion.com.br.



Você vai precisar de uma Máquina de contar dinheiro: Vídeo motivacional para atrair riqueza através do pensamento positivo


O Segredo para a Riqueza está no seu pensamento. Se você pensar positivamente, visualizar o dinheiro chegando para você.  Pensamentos positivos atraem situações positivas.

Mas é claro que nada cai do céu, o dinheiro só aparece para quem trabalha, vai á luta e acredita em seu potencial.

Imagine situações positivas em sua vida, um trabalho melhor com melhores salários, invista mais em você… Sonhe! Acredite! Você consegue chegar lá!!



Cuidados com promessa de emprego enganosa: evite cair neste golpe!


Muitos brasileiros estão sendo vítimas do golpe do emprego falso. São vagas que parecem perfeitas com salários maravilhosos, de despertar o interesse em qualquer um.

Estas propostas geralmente são feitas por telefone, onde o “consultor” fala para o candidato que a vaga é perfeita para o seu perfil e marcam uma entrevista. 

Durante a entrevista, eles falam das maravilhas do futuro emprego, enchendo os olhos do candidato. Antes de assinar o contrato falso, eles pedem que o candidato faça um teste psicológico, supostamente exigido pela empresa que ofereceu a vaga, para avaliar o seu perfil. Aqui é que está o golpe! Eles cobram uma taxa, geralmente bem alta, para a realização deste teste e fogem com o seu dinheiro sem ter a vaga.  

Veja algumas dicas para evitar cair no golpe do emprego falso:

  • Desconfie de promessas maravilhosas;
  • Nunca pague por uma vaga. Empresas podem cobrar pelo serviço oferecido, nunca pela vaga ou testes;
  • Nunca assine um contrato que não contenha tudo o que o foi prometido verbalmente.
  • Antes de fechar contrato com qualquer empresa prestadora de serviços ou produtos, faça um consulta prévia no Procon de sua cidade e na Delegacia de Crimes contra a Economia e Proteção ao Consumidor (Delcon);
  • A internet também pode te ajudar, antes de ir a uma entrevista, consulte o nome da empresa em sites de busca.

Consulte aqui os órgão de Defesa do Consumidor da sua cidade.



Imposto de Renda: Veja algumas dicas para evitar cair na Malha Fina


Esta é a última semana para a entrega da declaração do Imposto de Renda 2009. O prazo para a entrega é às 11h59min do dia 30/04/2009.

Para quem deixou para entregar na última hora, listamos para vocês algumas dicas de  erros mais comuns que podem levar o contribuinte a cair na malha fina:

  • Informe os rendimentos dos dependentes, como estágios, por exemplo. Uma dica é simular como ficaria a restituição sem o dependente, caso não seja vantajoso incluí-lo, não precisa mencioná-lo;
  • Pensão alimentícia só vale declarar quando passado por acordos registrados na justiça, ou fixados em escritura pública;
  • Aposentados com mais de 65 anos têm isenção do Imposto de Renda, se ganharem até R$ 1.372,81 por mês. Deve ser lançado na linha 6 da ficha “Rendimentos isentos e não tributáveis”. Aposentados com menos de 65 anos devem declarar como os demais contribuintes;
  • Declare somente gastos com Educação como creches, escolas, ensino fundamental, médio, técnico, tecnológico e superior (graduação e pós-graduação). Cursos de idiomas, academias, aquisições de livros não são dedutíveis; 
  • Em imóveis financiados, declare somente o financiamento das parcelas pagas até 31/12/2008;
  • O salário da empregada doméstica não poderá ser deduzido, o que pode ser abatido é apenas o INSS (Contribuição Previdenciária);


Na hora do aperto qual é a melhor opção para recorrer: Cartão de crédito ou cheque especial?


Estamos passando por um mommento de inadimplência alta, e, para não ficar com o nome sujo na praça muitas pessoas recorrem ao cartão de crédito e ao cheque especial na hora das compras. Mas, qual é a melhor opção? E, quando usar os dois, qual pagar primeiro?

Economistas afirmasm que o cartão de crédito deve ser prioridade na hora do pagamento, mas atenção: só vale para liquidar o valor total da fatura. Pagar o mínimo do cartão vai fazer com que vc pague mais juros e pode entrar numa bola de neve sem fim. 

Os juros do cheque especial tendem a ser menores, porém, são automáticos, caem diretamente na conta. No caso do cartão de crédito, o consumidor tem até um mês para conseguir o dinheiro para pagar a conta.

Veja a reportagem do Jornal Hoje sobre o assunto:



Você está sendo inconveniente no seu ambiente de trabalho? Veja dicas de especialistas


Sabe aquele colega de trabalho que, por algum motivo, está ficando muito inconveniente,”pisando na bola” e fazendo brincadeiras de mal gosto? Este tipo de funcionário pode atrapalhar o rendimento de toda a equipe.

No início a gente até consegue engolir alguns sapos, mas com o passar do tempo, a convivência com esta pessoa fica insuportável e iritante. Especialistas dão algumas dicas de como enfrentar problemas que podem atrapalhar o bom relacionamento entre colegas de tabalho, e como descobrir se você é o incoveniente no seu local trabalho.

Veja abaixo estas dicas na reportagem do Jornal Hoje:



Tire as suas dúvidas sobre o Imposto de Renda 2009


A partir desta segunda (02/03), inicia o prazo para a entrega da declaração do Imposto de Renda 2009, ano-base 2008.

O que mudou neste ano?

  • Não é mais necessário informar o número do recido da declaração do ano anterior. Porém, as declarações que constarem o número do recibo terão processamento prioritário. 
  • A Declaração Final de Espólio, que se refere aos bens deixados por uma pessoa falecida, agora está integrada ao programa gerador da declaração comum. 
  • Agora, quem declarar até o dia 31 de março, e tiver débito do imposto, poderá agendar o pagamento da primeira cota do imposto em débito em conta-corrente. Para as adeclarações efetuadas até o dia 01 de abril, o agendamento do pagamento do débito só poderá ser feito a partir da segunda parcela. O parcelamento poderá ser feito em até oito vezes, para parcelas superiores a R$ 50. 

O prazo para a entrega da declaração será à meia-noite do  dia 30 de abril de 2009.



Como melhorar o seu Marketing Pessoal e ser reconhecido pelo seu chefe


Como fazer com que o seu chefe reconheça a sua competência profissional e isso lhe traga melhores oportunidades? Basta você saber investir em seu marketing pessoal, ou seja, só você poderá provar para todos que é competente e capaz de atingir cargos e salários melhores.

Antes de tudo é preciso definir os seus objetivos: Aonde quer chegar dentro da empresa? Quanto deseja ganhar?

Depois disso, é hora de investir em você, fazer um curso superior, especialização ou cursos de aperfeiçoamento para atingir com mais rapidez salários maiores e melhores posições dentro da empresa.

Está muito enganado quem pensa que ser “puxa-saco” do chefe irá conseguir êxito profissional. Demosntre, da forma mais natural possível os seus conhecimentos e obejtivos bem definidos dentro da empresa. As suas atitudes e a forma como se apresenta são essenciais pera o sucesso profissional.



Saiba como reembolsar Imposto pago no período de férias vendidas


Está chegando a hora de pagar o Imposto de Renda e muita gente que “vendeu” parte das suas férias não sabe que pode reaver o valor do Imposto de Renda pago indevidamente, já que o período de descando convertido em dinheiro é uma indenização, não pode ser tributada. Esta regra é retroativa e vale desde novembro de 2006.

Veja abaixo algumas dicas de como proceder com relação a férias vendidas quando for declarar o Imposto de Renda neste ano.



Trabalhadores temem tirar férias e voltar sem emprego


Em época de crise econômica, todos os dias surgem notícias de empresas que estão demitindo funcionários em diversas áreas. Com isso, muitos trabalhadores temem tirar férias nesta época de demissões com medo de perderem o emprego ao retornar.

Porém o trabalhador não deve temer este direito, pois a demissão não vai ocorrer por causa das férias. Se a empresa for demitir, ela levará em conta o desempenho do trabalhador e o seu histórico. 

Tirar férias não deve ser visto como uma ameaça, todos precisam descansar, repor as energias para conseguir ser mais produtivo durante o ano.

Profissionais criativos, dinâmicos, pró-ativos, que trazem resultados não devem temer as férias neste período de demissões, ao contrário dos funcinários displicentes, que não agregam nada à empresa, estes sim devem temer a demissão, entrando de férias ou não.



Como se livrar das dívidas e limpar o seu nome


Entrevistado pelo Jornal Hoje, o presidente do Instituto de Educação Funaceira, Reinaldo Domingos, dá dicas de como o consumidor pode se livrar das dívidas e limpar o seu nome sem precisar recorrer a intermediários.

O educador finaceiro afirma que o melhor negócio é negociar o pagamento da sua dívida diretamente com o credor do banco ou da loja onde efetuou a compra.

Mas tenha sempre certeza do valor exato que poderá pagar, faça um orçamento financeiro e veja quanto poderá utilizar para o pagamneto desta dívida. Não adianta quitar uma dívida e se “enfiar” em outra.  

Assista a entrevista completa:



Saiba como se proteger do golpe “limpe o seu nome”


Quem quer ver o seu nome limpo na praça pode acabar sendo atraído por pessoas ou empresas prometem limpar o seu nome, mas tome cuidado com as ofertas duvidosas!

Existem empresas que prometem limpar o seu nome por um valor bem menor do que o da dívida. A internet está cheia de e-mails e anúncios que iludem o consumidor, garantindo o nome limpo na praça. Cuidado! Você pode estar sendo vítima de golpistas. 

O que acontece é que estas empresas pegam o dinheiro do consumidor, não limpam o nome e ainda por cima, podem fazer serviços ilegais.

Para quem quer limpar o seu nome, a melhor opção é procurar um serviço de Proteção ao Crédito (SPC) para saber a quantidade exata da dívida. Depois, tente negociar pessoalmente com o banco ou com a loja. Quando você se dispõe a pagar a dívida, é fechado um acordo e o seu nome é retirado da lista de devedores.



Você conhece todos os seus direitos? Confira aqui alguns serviços gratuitos garantidos por lei


Muias pessoas não conhecem todos os seus direietos e acabam gastando dinheiro à toa para conseguí-los.

Para tirar a segunda via de documentos e certidões é cobrada uma taxa. Mas, quem não possui condições de pagar a taxa, poderá preencher uma declaração dando informações da sua situação ficanceira e conseguir a segunda via gratuitamente, uma economia de aproximadamente R$30 por documento. Isso vale para RG, carteira de trabalho, certidões de nascimento e óbito. 

Se você for roubado também poderá conseguir a segunda via do seu RG gratuitamente, no Rio e em São Paulo, basta apresentrar o boletim de ocorrência registrado na polícia.

Você sabia que tem gente que tem direito a receber dinheiro em bancos e não sabe disso? Pois é, existe R$300 milhoes esquecidos nos bancos, esse é o dinheiro do PIS, um abono salarial concedido a todos os trabalhadores que ganham até dois salários e tiveram caretira assinada por no mínimo 30 dias.

Outro direito quese ninguém conhece é o DPVAT, todo o motorista poderá receber uma indenização em caso de acidentes com vítimas. Para ter acesso a este direito, as vítimas ou famílias, deverão entrar com o pedido no Departamento de Estradas de Rodagem (DER), em um prazo de até três anos após o acidente.



Imposto de Renda: Dicas para não cometer nenhum erro na hora de declarar o seu IR


Todo o ano é a mesma coisa, mas existem pessoas que sempre cometem o mesmo erro na hora de declarar o Imposto de Renda.

Portanto, é bom você ficar de olho nestas dicas para não  se deseperar na hora de declarar:

  • Os comprovantes de movimentação finaceira devem ser guardados por todo o exercício financeiro;
  • Guarde bem da declaração fornecida pelo banco sobre a sua movimentação financeira, ela será útil na hora de declarar;
  • Declare todas as transações financeiras que efetuar, informe todos os valores pagos e recebidos e guarde os comprovantes;
  • Ao calcular, observe as novas alíquotas para 2009 (7,5%, 15%, 22,5% e 27,5%);
  • Evite deixar para última hora, quando você declara com antecedência e calma, corre menos risco de cometer pequenos enganos e cair na malha fina, além disso, quanto antes você declarar, mais cedo será restituído. 

Confira abaixo as novas regras para o Imposto de Renda que passam a valer neste ano:



Aumenta o número de desempregados no setor industrial: o que fazer para sair dessa?


O emprego na indústria no Brasil teve em dezembro do ano passado a maior queda desde 2001. O índice registrado foi de 1,8% de redução.

O Jornal Hoje, exibiu uma reportagem com alguns profissionais que foram demitidos há pouco tempo.  A entrevista revela a reação de cada um quando perdeu o emprego e o que estão fazendo para superar a fase do  e agora, o que eu faço”? 

Quando o profissional é demitido a primeira reação é a surpresa. Apesar de todos saberem que a crise econômica está afetando as indústrias, ninguém acha que será atingido por ela. 

Depois da surpresa vem a raiva, do chefe, da empresa, da injustiça. Logo depois surge o período da tristeza, e que o profissional fica desesperado, sem rumo, desmotivado. Esta tristeza está muito relacionada como o trabalhador se sentia com relação à empresa, que, para muitos, era como se fosse a segunda família.

Quem acabou de perder o emprego não deve se deixar levar pela tristeza, evite ressentimentos, erga a cabeça e bola pra frente. O importante é não ficar parado pois a fila anda!! 

Agora é hora de se planejar, poupar e fazer orçamentos finaceiros para administrar o seu dinheiro. Não se desepere, tenha calma e tente usar o conhecimento adquirido no período em que esteve trabalhando como um forte  aliado para conseguir se recolocar no mercado de trabalho. 

O importante é não desistir dos seus sonhos e manter a Fé.



Foi demitido? Veja como enfrentar a demissão de cabeça erguida


Em épocas de crise econômica, é inevitável o corte de mão-de-obras para a redução de custos. E quem é o mais prejudicado nessa história? O trabalhador.

É muito comum que a pessoa que foi demitida se sinta desolada e com a autoestima baixa. Porém, apesar de difícil, a demissão não pode ser vista como o fim do mundo. 

Veja aqui algumas dicas para enfrentar a demissão de cabeça erguida e ainda aumentar as suas chances de arrumar um novo emprego:

  • Evite chorar na frente do chefe e dos colegas de trabalho, mantenha a compostura. Deixe para se lamentar em casa, no travesseiro. A família e os amigos não vão deixar de te dar um ombro amigo caso perca o equilíbrio.
  • Não cause uma má impressão na hora que for dispensado. Evite brigar com o chefe ou falar mal da empresa, afinal, nunca se sabe o dia de amanhã, é bom deixar as portas abertas para uma nova oportunidade na empresa, além disso, você também poderá precisar deles para uma indicação de trabalho em outra empresa.
  • Por mais difícil que pareça, nunca perca o otimismo. Quase todo o mundo passa por uma demissão na vida e todos conseguem sobreviver. Mantenha-se otimista e de cabeça erguida, a confinaça irá ajudá-lo a conseguir uma nova oportunidade.
  • Faça contatos, mande e-mails para colegas, envie currículo em sites de empresas, comente com os seus amigos do tipo de vaga que procura. As oportunidades costumam aparecer quando menos esperamos.
  • Não fique parado. A pior copisa para quem perdeu emprego é ficar parado em casa, sem rumo. Crie uma rotina, defina horários para contatos, para entrega de currículos e aproveite o tempo livre para fazer alguma atividade que você sempre quis fazer mas nunca teve tempo quando estava trabalhando.
  • Use a demissão para se reciclar profissionalmente ou até mesmo mudar de área. Invista em você! Existem diversos cursos, palestras e treinamentos gratuitos por aí.


Quanto tempo meu nome pode ficar no SPC/Serasa? Qual o prazo para prescrição da dívida?


Uma dúvida frequente entre as pessoas que assumiram uma dívida e que, por qualquer motivo, não puderam honrá-la, é a questão de quanto tempo uma dívida pode permanecer sem ser paga e, principalmente, por quanto tempo o nome vai permanecer no temido SPC/Serasa.

Bom, para preservar suas finanças e poupar uma boa dor-de-cabeça futura, assuma sempre que qualquer dívida que você faça terá de ser paga. Isso porque dívidas têm prazos diferentes de prescrição, de dois a dez anos. Mas a prescrição só vale para dívidas não reclamadas na justiça. Caso você tenha sido cobrado judicialmente, sua dívida nunca prescreve.

O mesmo não vale para o nome no cadastro do SPC/Serasa. Uma vez que seu nome tenha sido incluído lá, o prazo é de cinco anos para que o mesmo seja retirado, para uma mesma dívida. Ou seja, você pode estar sendo cobrado judicialmente, mas seu nome não pode estar nos bancos de dados dos órgãos protetores de crédito. A menos que você contraia outra dívida e também não pague.

Os prazos para prescrição de dívidas estão na Seção IV do Código Civil (clique aqui).



Como elaborar um Currículo de Sucesso


O Currículo costuma ser o cartão de visita de quem procura emprego, é o seu primeiro contato com o recrutador. Portanto, um bom currículo aumenta muito as chances de ser chamado para uma entrevista de emprego.

O currículo deve ser agradável para quem lê e trazer informações relevantes sobre a sua experiência profissional. Ele deve ser claro e beve, pois o recrutador não terá muito tempo e paciência de ler um currículo muito extenso.

O ideal é fazer um currículo diferente para cada função que irá se candidatar, valorizando os requisitos que o anúncio pede. Use e abuse da criatividade, as empresas costumam valorizar aqueles que se destacam no meio da multidão.  

Veja aqui algumas dicas do consultor de carreiras Max Gehringer de como elaborar um currículo de sucesso.



Como fazer seu salário durar mais tempo


Mesmo com o aumento do salário mínimo, é muito difícil fazer o dinheiro durar até o final do mês, o que leva ao aumento de dívidas e inadimplências.

Mas como conseguir sobreviver com o salário durante o mês inteiro? Segue abaixo algumas dicas úteis que irão ajudá-lo a economizar e “esticar” o seu dinheiro:

  • Faça uma tabela com o orçamento familiar mensal, veja todos os gastos que você pode cortar no mês, ou seja, aqueles que não são essenciais;
  • Defina uma quantidade do seu salário que você irá poupar mensalmente, por menor que seja o valor, haverá sempre um valor maior com o passar dos meses ou até mesmo dos anos;
  • Controle as suas prestações, se possível pague à vista e, caso não consiga, faça com que o valor das prestações (cartão de crédito, casa, carro) não ultrapasse 40% de seu rendimento mensal;
  • Antes de ir ao supermercado, faça uma lista do essencial e seja fiel à ela. É bom fazer compração de preços entre marcas e supermercados, a variação tende a ser grande. Uma dica: nunca vá ao supermercado com fome, você tende a comprar mais coisas supérfulas;
  • Economize água! Veja se há algum vazamento, se as torneiras estão mais fechadas, tome banhos mais rápidos. Com isso a economia pode chegar a 200m³ de água ao ano;
  • Utilize lâmpadas econômicas (fluorescentes), elas gastam menos luz e duram mais. Evite deixar os aparelhos elétricos em “stand-by”, desligue-os;
  • Se possui dívidas, tente negociar com os bancos prestações mais suaves.  


Mais de 2 milhões de pessoas já perderam o emprego no Brasil por conta da Crise


É meus amigos… a situação está ficando “periclitante”, como diria meu pai. Mais de 2 milhões de pessoas já foram cortadas em todo o Brasil, haja vista a piora da situação econômica mundial.

O que fazer diante dos fatos? A resposta é simples! Tentar se manter no emprego. Como? Mostrando que você é capaz, e que seu trabalho faz diferença. Não seja louco de fazer “corpo mole” nesse momento, pois sua “sentença” pode ser determinada a partir disso.

E quem perdeu o emprego? Como pagar as contas? Questão é poupar, e evitar gastos com futilidades… Se você tem dois celulares, elimine um deles! Você usa cartão de crédito adicional? Cancele! Livre-se das dívidas!

Só assim você fará o dinheiro “sobreviver” enquanto não se consegue um novo emprego.



É possível sobreviver com um salário mínimo?


De acordo com a Constituição, o valor do salário mínimo deverá atender as necessidades vitais básicas do trabalhador e de sua família, como moradia, alimentação educação, saúde, vestuário,  transporte, lazer, higiente e previdência social.

Nos tempos atuais, é muito difícil um trabalhador conseguir sustentar uma casa com um salário de R$465,00. Mas não é impossível!

Evite gastar mais do que tem, evite se endividar com cartões de crédito ou financiamenmtos. Economize!!

Corte gastos desnecessários, recicle, reaproveite, evite desperdícios e, o mais importante, invista em você. Estude!! Só depende de você conseguir um emprego melhor, um salário mais alto para levar uma vida com um pouco mais de qualidade.

Uma coisa é certa, POUPE!! Só assim você conseguirá sobreviver com um salário mínimo. 



Cuidados com Golpes de Agências de Emprego que “vendem” vagas


Em épocas de crise econômica, aumenta o desemprego e com ele o desespero de conseguir se recolocar no mercado de trabalho. Vendo o desespero de alguns trabalhadores algumas Agências de Emprego estão aplicando golpes, vendendo vagas de emprego.

Esta reportagem, realizada pelo Jornal Nacional, alerta para o trabalhador deve ficar atento na hora de procurar um novo emprego.

Cuidado para não ser enganado! As Agências de Emprego não devem cobrar do trabalhador pela vaga oferecida, se alguma tentar “vender”uma vaga, desconfie! Você pode estar sendo vítima de um golpe. 

Estas empresas oferecem vagas com cargos altos e ótimos salários, mas para conseguira tão sonhada vaga, eles cobram do trabalhador uma quantia realtivamente alta. Sem saber que está sendo enganado, o desempregado se ilude e paga pela vaga. As empresas ficam com o dinheiro e não retornam mais, algumas até se mudam de lugar.

Portanto, fique esperto! Agências de Emprego nunca devem cobrar do trabalhador para oferecer a vaga, pois elas recebem das empresasa que estão solicitando os seus serviços.

Porém, existem algumas empresas que realizam consultorias para  recolocação no mercado de trabalho. Estas realizam um serviço diferenciado, elaboram currículos, fazem cartas de apresentação e dão dicas para entrevistas. Seu serviço é cobrado, mas não garantem vagas ao candidato, apenas ajudam na procura.

Portanto, antes de fazer alguma entrevista numa agência de recolocação, faça pesquisa sobre a empresa, assim você evita prejuízos no bolso.



Segredos para poupar nas compras no supermercado e economizar água


Você reaproveita alimentos? Poupa nos supermercados? Sabe economizar água?

A dica no mercado é: compre exatamente o que você precisa. Evite o desperdício!

Cuide também com o prazo de validade dos produtos. Nunca se empolgue com promoções pois muitas vezes são feitas devido a um vencimento muito próximo da validade.

Quanto a consumo elétrico, os vilões das casas brasileiras são o ferro elétrico e a cafeteira elétrica. Saiba que após 20 minutos de preparado, o café já perde as suas propriedades originais.



Como se livrar de dívidas? Você quer limpar o seu nome na praça?


Você tem dívidas? Pois chegou a hora de aniquilá-las. Este é o momento de colocar a cabeça no travesseiro e dormir mais sossegadamente.

Para começar, faça uma lista contendo todas as dívidas que você tem em atraso. Após esse passo, escolha a dívida mais antiga e tente negociar o pagamento, uma vez que nesse caso é uma situação em que você está há mais tempo inadimplente e você pode obter descontos maiores com relação aos juros ou ganhar no prazo.

Uma dica básica para não entrar em dívidas é: NUNCA atrase pagamento de cartão de crédito, luz, celular, etc.

Está devendo? Corte gastos!