Atualizações anteriores



Reajuste do Salário Mínimo para 2011 – Novo Debate


A discussão envolvendo o reajuste do salário mínimo para 2011 parece não ter fim. O governo brasileiro se dispôs a aumentar o valor para R$ 540, deliberação que não agradou a Força Sindical e a Central Única dos Trabalhadores (CUT). Por isso, ambas devem, a partir do dia 10 de janeiro, reiniciar o processo para elevar a importância para R$ 580.

De acordo com reportagem veiculada pela Agência Brasil, até o momento a cifra de R$ 540 se mantém, conforme Medida Provisória (516) acurada por Luiz Inácio Lula da Silva, ex-presidente do país, antes de terminar sua gestão. O governo justifica que qualquer valor acima desse poderá implicar problemas sobre as contas públicas.

Na visão de João Carlos Gonçalves, secretário geral da Força Sindical, o governo pondera a alta como despesa, porém, avalia, a alta surtirá como investimentos, tanto que existe retorno de valores em forma de impostos, e ao fim de 2011 o incremento se dissipará.

Cálculos desenvolvidos pelo Departamento Intersindical de Estatística e Estudos Socioeconômicos (Dieese) assinalam que a alta para R$ 540 gerará R$ 18 bilhões de expansão da renda na economia e outros R$ 8,8 bilhões por meio da arrecadação de tributos relativos ao consumo.

Apesar de endossar alta para R$ 580, as centrais podem entrar num acordo, porém com valor acima do pretendido pelo governo.

Por Luiz Felipe T. Erdei



A Conferência Brasileira de Relações de Emprego e Trabalho abordará temas estratégicos


Conquistar um novo ou primeiro emprego sempre é motivo de festa às pessoas que se saíram bem nas entrevistas ou que por ventura foram indicados e bem recebidos pelos patrões. O caminho, muito mais fácil do ponto de vista teórico, engloba diversos pontos, tais como dinâmica de grupos, conversa tête-à-tête com o empregador, provas escritas e orais, bem como outros.

Após a contratação, o empregado acredita que tudo correrá bem, mas nem sempre isso funciona de tal maneira. No objetivo de elucidar algumas questões para dar maior suporte à população, o Instituto Brasileiro de Relações do Emprego e Trabalho (IBRET) promoverá, nos dias 24 e 25 deste mês, a Conferência Brasileira de Relações de Emprego e Trabalho.

O Canal Executivo UOL, um dos meios intencionados em divulgar oportunidades e eventos relacionados ao mundo do trabalho, relaciona que os principais assuntos abrangidos durante o evento são o ambiente, condições de trabalho e o contrato, focados, pois, a profissionais, empresários, advogados da área trabalhista, pesquisadores, entre outros.

Para fazer parte do acontecimento, que tem as vagas são limitadas, o intencionado deve acessar este link e efetuar o pagamento de R$ 50 (estudantes) ou R$ 350 (associados do instituto). O endereço estabelecido para a conferência é Avenida Professor Luciano Gualberto, 908 – Cidade Universitária (São Paulo).

Por Luiz Felipe T. Erdei