Atualizações anteriores



Bradesco cria caixa eletrônico que dispensa uso do cartão


As atividades bancárias estão cada vez mais facilitadas e a última novidade neste ramo vem do Banco Bradesco que divulgou nesta quinta-feira, dia 13 de dezembro de 2012, a possibilidade de realizar saques e consultas sem o uso do cartão de débito.

Esta inovação é possível por meio do uso da biometria, disponível em cerca de 93% dos terminais de auto-atendimento do Banco Bradesco, que realiza a leitura do padrão vascular da palma da mão do cliente.

Com o uso desta técnica, os clientes devem informar o número da agência e da conta em caso de saques além de precisar digitar a sua senha bancária com seis dígitos.

Para utilizar este sistema é preciso que os clientes do banco se cadastrem no sistema de biometria em qualquer agência.

Por Ana Camila Neves Morais



APAS – Supermercados podem trocar sacolas plásticas por caixas multiuso


Assunto que deve gerar opiniões favoráveis e desfavoráveis pauta os principais noticiários do país: o anunciado fim das sacolas plásticas em mercados. Há anos, ambientalistas alertam para o uso do material, pois ele leva mais de um século para se decompor, além de ser dispensável e substituível por sacolas ecologicamente corretas e caixas de papelão.

Enquanto o consumidor se prepara para a novidade, que não é tão nova assim, a Associação Paulista de Supermercados (APAS) busca medidas de incentivo e favoráveis ao tema sustentabilidade. Por isso, nos próximos dias firmará convênio com o governo do estado de São Paulo para abolir as sacolinhas.

Ainda assim, a associação acaba de consolidar parceria com a Comprainer no intuito de estimular os consumidores a utilizarem caixas multiuso, que por serem dobráveis permitem o transporte de amplas quantidades de produtos. Um diferencial é que podem ser guardadas facilmente.

O custo para adquirir uma caixa é de R$ 2,00 a R$ 2,50, dependendo do tamanho. Esse convênio, segundo a APAS, diminui o preço final, uma vez que a caixa multiuso poderia custar R$ 3.

Por Luiz Felipe T. Erdei