Atualizações anteriores



Valor da Cesta Básica em São Paulo SP – Janeiro 2011


Essencial para a subsistência, o preço da cesta básica começa a cair. Levantamento realizado pelo Departamento Intersindical de Estatística e Estudos Socioeconômicos (Dieese) em conjunto com a Fundação Procon-SP revela que o preço médio recuou 1,36% entre novembro de 2010 e janeiro de 2011.

No levantamento do dia 28 de novembro, o valor da cesta básica chegou a R$319,11, mas em 31 de janeiro cedeu para R$ 314,78. O estudo assinala que dos 22 produtos sondados na pesquisa, meia dúzia apresentou avanço nos preços, sete mantiveram estabilidade e outros nove, baixa superior a um ponto percentual. De 31 produtos examinados na variação mensal, ressalta o Procon-SP, 16 registraram elevação, 12 decaíram de preços e três nutriram os mesmos valores.

Relacionados índices por grupos, Alimentação encerrou o período em questão com arrefecimento de 1,97%, ao mesmo tempo em que Limpeza e Higiene Pessoal minutaram progresso de 1,85% e 1,22%, respectivamente.

Os produtos que apresentaram maior elevação foram a salsicha, com taxa positiva de 4,60%, e a farinha de trigo, com alta de 4,52%. Em seguida figuraram sabão em barra, 2,75%, água sanitária e absorvente, cada qual com ascensão de 2,50%.

Por outro lado, de acordo com o Procon, o preço do feijão recuou 19,08%, o da batata 10,76%, o do frango 4,52%, o da cebola 3,94% e o do queijo mussarela 3,47%.

Por Luiz Felipe T. Erdei



Aumento da Cesta Básica em 10 Capitais Brasileiras


O Departamento Intersindical de Estatísticas e Estudos Socieconômicos (Dieese) fez um levantamento sobre a Cesta Básica em 17 capitais brasileiras. O resultado final foi o de que ela ficou mais cara em 10 dos locais analisados. Dessas mensuradas, Goiânia foi a que teve o maior aumento, de 4,61%, segundo o Portal de Economia UOL com base em informações do Infomoney.

Os dados obtidos pela Pesquisa Nacional da Cesta Básica salientaram, em janeiro deste ano em comparação com dezembro de 2009, que as outras sete capitais ponderadas tiveram queda, dentre elas São Paulo, com -1,39%, Brasília, com -3,49% e Belo Horizonte, com -3,87%.

A cidade de São Paulo registrou o valor da cesta básica em R$ 225,02 no primeiro mês deste ano. Por outro lado, Porto Alegre teve o valor mais elevado, de exatamente R$ 236,55 segundo o UOL. Aracajú foi a capital com o preço mais vantajoso, estimado em R$ 169,13.

Confira os percentuais de outras localidades aqui.

Por Luiz Felipe T. Erdei