Inadimplência do consumidor aumentou em janeiro de 2011

Vote nessa matéria: 1 estrela2 estrelas3 estrelas4 estrelas5 estrelas6 estrelas7 estrelas8 estrelas9 estrelas10 estrelas

     





A boa disposição da economia brasileira, no ano passado, transformou o período do Natal como um dos melhores da última década. O maior número de pessoas no mercado de trabalho, a remuneração em alta e o acesso ao crédito mais facilitado estimularam os consumidores a realizarem compras, uma vez que este se mostrou confiante para tal.

No entanto, a euforia começa dar vazão a uma tendência nada agradável: aumento das dívidas e dificuldades em honrá-las. De acordo com o Indicador Serasa Experian de Inadimplência do Consumidor, a inadimplência dos cidadãos saltou para 24,8% em janeiro de 2011 em comparação ao período igual de 2010, a maior alta no confronto anual desde julho de 2002.

Segundo a Serasa, houve queda de 3,3% em janeiro se considerada a comparação com dezembro de 2010. Para os economistas da entidade, o resultado anual reflete a expansão do endividamento dos consumidores, que aumentou consideravelmente no decorrer do ano passado.

O recuo em janeiro de 2011 sobre dezembro de 2010, porém, indica que a inadimplência do consumidor não acompanha a mesma celeridade constatada anteriormente, uma vez que entre maio e dezembro isso ocorreu sem interrupções.

Por Luiz Felipe T. Erdei

Fonte: Serasa Experian


Participe! Deixe um comentário sobre esta matéria.

Quer realizar um comentário?





RSS RSS (comentáos)