Modificações no “Minha Casa, Minha Vida” serão feitas na 2ª fase do Programa

Vote nessa matéria: 1 estrela2 estrelas3 estrelas4 estrelas5 estrelas6 estrelas7 estrelas8 estrelas9 estrelas10 estrelas

     





A popularidade alcançada por Luiz Inácio Lula da Silva nos últimos meses é espelho de todas as suas iniciativas às populações de baixa renda, bem como melhoria em diversos setores do país, tais como o econômico. O programa “Minha Casa, Minha Vida”, de cunho habitacional, tem beneficiado milhares de pessoas, concedendo subsídios de até R$ 23 mil – dependendo da renda mensal.

Jorge Hereda, vice-presidente de governo da Caixa, afirmou recentemente qualquer impossibilidade de ajustes nos valores da primeira fase do MCMV, que tem término previsto entre agosto e setembro deste ano. Assevera, outrossim, modificações somente na próxima etapa do programa.

Em 19 de julho, segunda-feira, a Caixa contabilizou, desde o início do “Minha Casa, Minha Vida” (abril de 2009) a contratação de, aproximadamente, 551 mil unidades por meio do intento. Pondera, em reportagem veiculada pela agência de notícias Reuters, que até o final desde ano cerca de 300 mil unidades serão entregues aos compradores.

Por Luiz Felipe T. Erdei


Participe! Deixe um comentário sobre esta matéria.

Quer realizar um comentário?





RSS RSS (comentáos)