Nova Lei de Adoção – Agora ficou mais fácil adotar no Brasil

1 estrela2 estrelas3 estrelas4 estrelas5 estrelas6 estrelas7 estrelas8 estrelas9 estrelas10 estrelas (1 votos, média: 7,00 de 10)

     





O Presidente da República Luiz Inácio Lula da Silva, sancionou uma nova Lei Nacional de Adoção.

A partir de agora, crianças e adolescenetes não podem ficar mais do que dois anos em abrigos de proteção, salvo por recomendação Judicial. E o abrigo deverá ser próximo ao endereço da família.

Os abrigos são obrigados a enviar um relatório semestral para a autoridadade judicial informando as condições de adoção ou de retorno à família dos menores que estão sob a sua tutela.

Agora, todas as pessoas acima de 18 anos, mesmo as solteiras, poderão adotar uma criança ou um adolescente. A única restrição é que o adotante tenha pelo menos 16 anos a mais do que o adotado.

Casais que queiram adotar uma criança precisam ser legalmente casados ou manter união civil estável reconhecida judicialmente.

A nova lei também exige que os pais adotivos tenham uma preparação prévia e companhamento familiar pós-acolhimento em caso de adoção internacional.

O menor agora será ouvido pela justiça após ser entregue aos cuidados da família que o adotou. E a lei determina que irmãos sejam adotados pela mesma família, exceto em casos especiais analisados pela justiça.

A adoção internacional irá acontecer somente em última hipótese, sendo que sempre será dada a preferência para adotantes nacionais, em seguida pra brasileiros residentes no exterior.

A partir de agora, o poder público deve dar assistência a gestantes ou mães que queiram entregar seus filhos para adoção.

A lei exige ainda que, em caso de adoções internacionais, o estágio de convivência no período mínimo de 30 dias seja cumprido dentro do território nacional.

Outra grande evolução da nova lei é que agora o juz poderá considerar o conceito de “família extensa”, dando preferência para adoção dentro da família, mesmo não sendo parentes diretos da criança ou do adolescente. Agora tios, primos, cunhados ou parentes próximos têm preferência sobre o cadastro de adoção.

A nova lei visa acelerar o processo de adoção no país.

Clique aqui e obtenha mais informações sobre a Nova Lei de Adoção no Brasil.

A nova lei visa acelerar o processo de adoção no país.
Clique aqui e obtenha mais informações sobre a Nova lei de Adoção no Brasil.

Participe! Deixe um comentário sobre esta matéria.

Comentários

  1. Sandra A. Da Silva Oliveira escreveu:

    Essa lei funciona a quem? Eu e meu esposo,estamos aguardando na fila de espera a cinco anos,e, ate agora conseguimos apenas desgaste emocional,porque,quando visitamos algum abrigo,conhecemos uma crianca com a qual nos identificamos,sempre aparece um tamete burocratico diferente,de todos os que ja estamos cansados de conhecer para atrapalhar,e essa historia de nao separar irmaos nao somos contra,porem existem criancas com cinco,sete ou ate mais irmaos,quem consegue adotar cinco criancas de uma vez? Acho que vcs,poderiam estar revendo alguns paragrafos na lei,pois ao contrario de nos que somos perseverantes no sonho de sermos pais,muitos casais desistem pois a espera e muito desgastante fisica,por ficar correndo abrigos,e,psicologica pelo apego as criancas,processo de convivencia com essa crianca e no final nao podemos ficar com ela seja porque tem irmaos ou por qualquer motivo,por favor revejam essa nova lei porque,pra nos pretendentes a pais so piorou a espera,grata.Sandra Aparecida Da Silva Oliveira e Luiz Carlos Lino De Oliveira.

  2. michelle nascimento da silva gundim escreveu:

    Como sou estudante de direito do oitavo semestre em Macapá estamos abordando o assunto inclusive estamos organizando uma palestra sobre o tema. A lei veio cheia de novidades, mas a verdade é que nem sempre tudo que está escrito é verdade. E quando aos pais que estão na espera a tanto tempo, porque tanta demoar para solução de conflitos, porque tanta demora se alguém quer adotar e tem sempre uma criança precisando de um pai e um mãe. Acho desnecessário essa espera toda, até porque se os adotantes não quisessem não estariam correndo atrás. As vezes a justiça é lenta e falha, quantos pais já não desistiram de adotar pelo fato saber que a criança está alí precisando deles e não podem fazer nada, pois é a justiça que resolve. O certo é defender a criança, mas não precisa assustar os pais. Há uma burocrácia gigante por trás de uma adoção quando necessariamente o que precisa é de um pequeniniho que precisa de amor e de um casal que está disposto a doar esse amor. A solução seria mais celeridade no processo e respeito aos adotantes por parte da justiça

  3. Iracele C. Leite Coelho escreveu:

    Há algum tempo eu e meu marido pensamos em adotar uma criança pelo fato de nunca termos tido filhos, pois já temos 9 anos de casados e sentimos falta desse relacionamento ” pais e filhos “. Mas devido a toda essa burocracia que se dá nos altos da adoção e pela demora que ocorre nos processos, nunca procuramos o juizado. Esperamos que haja mais agilidade e boa vontade dos órgãos competentes,para facilitar esse momento tão esperado entre pais e filhos tão desejados. Achamos que os mesmos órgãos, deveriam se sensibilizar e providenciar meios mais rápidos de uma adoção segura e viável.Quanto tempo ainda devem esperar nas filas, os desejos pais adotivos, pelos por filhos que necessitam urgente de lares e de amor?

  4. POSSO ADOTAR UMA CRIANÇA QUE JÁ CONHEÇO E TENHO AFEIÇÃO?OU DEVO IR PRA FILA DE ESPERA E PERDER A VEZ DE ADOTAR ESSA CRIANÇA JÁ QUERIDA?COMO DEVO PROCEDER??GOSTARIA DE ADOTAR ESSA CRIANÇA E ESTOU COM MEDO PERDÊ-LO SE FOR LEGALIZAR A SITUAÇÃO NA JUSTIÇA
    GRATA

  5. Pra começar, a gente precisa se perguntar para onde vão essas crianças após os fatídicos dois anos de abrigo institucional.Gente…vamos acordar para a realidade…tem criança que vai passar a vida toda no abrigo, porque ninguem a quer.E ninguém a quer, pq ela não é linda, nem bebê.Desculpem-me pelo desabafo. Trabalho em abrigo há 5 anos. sou uma indignada com a escasses de dignidade e honra humana.Sou obrigada a ver crianças sem nenhuma expectativa de adoção só porque tem mais de dois anos, pq sao negras e nem tão bonitinhas quanto o bebê da revista. Ouvi gente que queria desesperadamente um filho, me perguntar se aquele “barrigudinho de cabeça grande” tinha mais algum defeito.Quem quer ser pai ou mãe…quer ser apenas pai ou mãe….não importa de quem.Quem quer ser pai ou mãe não escolhe pela aparencia, escolhe pelo coração…vai ao abrigo, pega a criança toda suja, abraça, beija, pede beijo, (e não limpa a face depois)…chama toda a familia para ver a gracinha, ajuda dar comida, pergunta se pode ir vê-la todos os dias, quando ve um “defeito” quer logo ajudar de alguma forma”. Nem liga se tá de cabelo grande, se fala com alguma dificuldade, se os dentes são tortos, sem tem mau hálito, se manca de uma perna, se ainda está abaixo do peso, se tem a pele manchada. Mas fica toda feliz por ser chamada de tio e tia…….e fica louco de emoção se a criança chora ao se despedir.E tem mais, pensa que se o judiciário é lento, ela tem de começar logo o processo para adoção e realmente vai atras, liga de dois em dosi dias para o advogado, enlouquece a psicóloga e a assistente social do fórum, para agilizar o estudo….Conta para todo mundo sobre o amor que sente pelo seu já entitulado “filho”. E olha, tem gente que vai para adotar um e acaba saindo com dois…
    Isso é adoção…o resto é escolher um animalzinho no pet shop.
    Que as críticas sobre esse comentário me venham, mas não sem antes uma profunda, madura e responsável reflexão sobre a situação da adoção.
    E pretensos pais, parem de querer ser donos de um filhotinho, amadureçam e só incomodem as crianças, e o judiciário, quando decidirem dar amor incondicional.
    Adoção não é para mostrar para os outros o quao bondozo se pode ser.
    Adoção não serve para curar carencias e problemas conjugais (alias, gravidez também não é)
    A criança acredita que é amada…precisa ser amada…
    Se Deus quisesse que escolhessemos nossos filhos, teria criado um catálogo.
    As crianças maiores podem oferecer uma compania incrível, sempre nos surpreendem, já são vencedoras, pq sobrevivem sem pai e mãe (pelo menos que prestem), emocionalmente sozinhas, são fortes, inteligentes….amigas…e, por saber de suas histórias e perceber em seus pais adotivos o verdadeiro amor incondicional…são eternamente cúmplices.
    Eu acho que esse negócio de se inscrever no programa de adoção e ficar esperando, é coisa de quem acredita em cegonha.
    Visitando os abrigos, vcs ganham oportunidades de conhecer o seu filho…antes de qualquer predeterminação cadastral….vcs tem a linda oportunidade de encontrar o seu filho pelo coração.
    PAssem por cima da tristeza de ver crianças abrigadas, mas com a certeza de que elas estão ali esperando a oportunidade para serem felizes e finalmente ganharem o que o destino lhes negou:Uma família.

  6. pryscila escreveu:

    neide, é possível adotar a criança que já é da sua convivência sem precisar ficar na fila de espera. mas tudo depende da situação, do tempo de convivência, se ela mora com você, se está adaptada. o juiz que analisará o caso concreto.

  7. Beltrami Siomara escreveu:

    Sou Brasileira que mora na Italia a 28 anos e casada legalmente com um Italiano a 5 anos,e estamos loucos para adotar uma criança ai no Brasil,por 3 causas: uma que aqui na Italia o priocedimento è muito longo,2 que ja temos uma idade avançada eu 44 e meu marido 43,3 eu sendo Brasileira nao residente no Brasil poderiamos adotar uma criança ai?
    Nao temos problemas economicos,meu marido trabalha em uma sociedade da familia bem aviada no setor petrolifero,eu tomo conta da,sendo que temos uma casa grande e bela,mas tanto vazia,sentimos tanto a falta de um filho e estamos dispostos a se trasferir-mos no Brasil por um periodo atè conseguirmos adotar uma criança,temos muito amor, carinho e afeto para dar a um filho e quen sabe se conseguirmos atè 2 irmao?

  8. Mria das Dores Pereira da Silva escreveu:

    A nova lei de adoção traz novas esperanças no sentido de facilitar os processos a ela pertinente, porém, não entendo, porque não permitir que casais do mesmo sexo adotem uma criança, já que o Estado não tem como impedir que uma criança ou adolescente conviva com esses casais.Vale ressaltar, que os casais em relação homoafetivas são tão merecedores da paternidade ou maternidade quanto um casal heroafetivo. Portanto, entendo tal vedação como uma afronta aos direitos fundamentais constitucionalmente garantidos a qualquer pessoa que seja capaz de proporcionar o melhor para o desenvolvimento fisico e moral de uma criança que desamparada pelos seus pais biológicos ou sujeita a passar sua infância inteira dentro de um abrigo sem ter a oportunidade de ter um lar, uma familia, apenas pelo fato de um casal ter sua orientação sexual diferente dos demais. A orientação sexual é inrente a cada ser humano e sabe-se, que tal orientação não causa quelquer prejuiso, seja este, fisico ou maral, ou prejudialcial ao desenvolvimento de crianças e adolescentes, se assim fosse, casais heteroafevos jamais teriam filhos homossexuais. Aguardo uma explicação plausivel.

  9. vanderlange escreveu:

    tenho.uma prima que ta gravida é que minda obebe.si eu for procura. eu posso.adotalo sem entra na fila.

  10. Margarete Cunha escreveu:

    Fomos procurados por uma mãe solteira que quer nos estregar a filha que vai nascer para ser adotada por nós.(eu e meu marido). Como sabemos da dificudade em realizar a adoção, procuro informações de como poderíamos assumir a guarda desta criança, ou quem sabe, já realizarmos a adoção?
    Será que posso pegar esta criança e mantê-la sob meus cuidados antes desta documentação sair? Pois a mãe quer nos entregar assim que sair do hospital.

  11. @silvia
    amai tudo q disse eu quero muito ter uma filha nao importa a aparencia nem nada mas quando fui me informar nos abrigos disseram q tinha primeiro q ir no forom o q devo fazer obrigada silvana

  12. oi,eu tenhu um primo de segundo grau q foi tirado da mãe devido aos terriveis maus tratos q sofria,o juiz não vai mais entregar a guarda para a mãe e nem para os avós q moravam com a criança pois eles viam os maus tratos e não faziam nada,a criança tbém não tem pai,ela esta no abrigo a 4 meses,eu já fui no forum falar com ass social mostra meu interesse de ficar com essa criança,me disponibilizei a ficar como familia acolhedora ou definitiva,deixei meus dados mas até hoje ninguem me procurou,e sei q pela nova lei eu tenhu direito pois sou da familia e moro na mesma cidade,como devo agir perante estes fato?aguardo resposta!

  13. shirley martins pereira de araújo escreveu:

    Sou mãe adotiva e muito feliz e acho que a lei tem que sair do papel e deixar que as crianças que estão para ser doadas possam receber o amor que milhares de pessoas estão prontos para dar, e são impedidos pela imposição e demora da lei, Porque quando uma mãe diz que vai doar o seu filho algum motivo ela tem. e quando a outra parte diz que está pronto para adotar é porque sabe o que quer, e deve estar dentro dos quezitos que a lei 8069/90 exige. Não deixe as crianças no orfanato, seja humanos e aja com decencia.

  14. Emerosn Rocha escreveu:

    Sou casado, pai de uma menina de 7 anos, e crio uma prima de minha esposa a 3 anos, hoje ela tem 14 anos.
    A guarda da mesma está com minha sogra.
    Para que eu possa garantir direitos a menor, quais os procedimentos para que minha sogra faça a transferência da guarda dela para nós?
    Quanto tempo demora o processo?
    Quais os custos médios atribuídos ao processo?

    Desde de já agradeço a atenção e resposta.

  15. viviane de mello oliveira escreveu:

    tenho uma amiga que quer me da um bebe, posso pegar sem entrar na fila?

  16. Maria Cecilia da Silva escreveu:

    Eu tenho 2 filhos que ja são adultos e independentes.
    A muitos anos penso em adotar uma menina .
    Devido a regeição em adotar as crianças negras.
    Eu quero muito adotar uma menina negra, não me importa de que Estado,País ou Cidade.
    Gostaria que alguem ou um advogado me orientasse como proceder; sou ddivorciada, trabalho em escola a 17anos e amo crianças.

    Desde já agradeço a quem puder me ajudar.
    È de grande importancia para mim, ter um ato de amor a quem precisa.

  17. camilla ramos escreveu:

    Olá me chamo Camilla e estou aguardando uma resposta da justiça para saber se já estou no cadastro nacional de adoção. Cada dia que passa fico mais ansiosa, pois ter um filho é meu grande sonho. Sou casada mas não consigo engravidar e um filho adotivo será com certeza muito bem vindo não terá diferença nenhuma. Todo dia peço a Deus que coloque suas mãos sobre o meu processo de adoção para que meu sonho de ser mãe seja realizado. O processo é bem lento mas não vou desistir, pois quem acredita sempre alcança e eu creio que eu alcançarei meu sonho e serei chamada de mãe…em breve. 2010 será em nome de Jesus um ano de glórias e realizações em minha vida, pois serei abençoada com meu anjo que acredito que está chegando…amor…tenho de sobra…só preciso de uma chance da justiça para colocá-lo em prática…pois adoção não é caridade é simplesmente AMOR!

  18. marinalva pereira de sena escreveu:

    olá boa noite!!! gostaria de saber como faço pra adotar uma criança. nao sei quais sao os procedimentos,e por isso gostava de esta bem informada em relaçao a adoçao.

  19. michele medeiros antunes escreveu:

    tenho sobre meus cuidados uma bêbe de 3 meses que para mim já amo como uma filha ,a mãe abandonou na maternidade e o pai que é meu tio pegou acriança. Mas ele não tendo condições de cuidar e arcar com as necessidades dela, me deu para que eu criasse mas gostaria de saber como posso legalizar a adoção ou guarda.
    ATT Michele Medeiros Antunes

  20. claudia regina biscaro da silva escreveu:

    Eu sou casada a 7 anos eu sempre tive vontade de adotar eu não conseguei engravidar eu pesei que vose porisso, só que DEUS me deu a graça de ser mãe de um menino lindo que já esta com de 2 ano e7 meses, e a vontade de adotar continua eu gostatia de saber como adotar uma menina não inporta a idade e nem cor o importante que eu quero ama muito eu tenho tudo para criança , um corto para eles cama berço so esta faltando uma irmazinha para o PEDRO Herinque se poderem me ajudar eu moro EMBU DAS ARTES SP

  21. sueli neves escreveu:

    Sou viúva,gostaria de saber se adotando uma criança ou tendo a guarda definitiva a minha pensão que é do inss. do meu falecido marido em caso de minha morte passará para esta criança e qual a idade máxima p/adoção,se mãe e filha podem adotar juntas uma criança.

  22. José Neto escreveu:

    @sueli neves
    Bom dia !
    Ao você adotar uma criança e alterar o registro de nascimento a perfilhando (no caso seu nome constará na certidão), a criança será sua dependente por Lei, e perceberá pensão sua no caso de sua morte. Para tanto, deverás cadastrá-la no rol de dependentes perante a Autarquia Previdenciária – INSS< bastantdo levar o comprovante de que a mesma é sua filha (certidão de nascimento). A criança poderá ser acrescentada como dependente após a sua morte, mas ficaria mais penoso, pois seria uma adição post mortem (depois da sua morte), então aconselho que faça isso ainda em vida.
    EM relação a ter a guarda de uma criança: A guarda significa que a criança está em seus cuidados e depende financeiramente de você, bem como em educação, saúde, mantimentos, etc…
    PAra tanto para possuir a guarda necessitas de uma sentença que julgue a guarda favorável a você, e com esta Sentença você cadastra a criança que está em sua guarda como dependente no INSS, passando a ela, no caso de sua morte, a pensão devida.
    Lembrando que a pensão passada a filhos – o filho somente recebe até 21 anos…

  23. José Neto escreveu:

    @Maria Cecilia da Silva
    Olá, bom dia !
    Bem, você pode dirigir-se a uma vara de infância e juventude munida de documentos pessoais, comprovantes de residência, antecedentes criminais e cíveis e cadastrar-se na lista de pais adotantes.
    Após, serás chamada a uma entrevista com psicólogas, sociólogas que tratarão de enquadrar sua procura às crianças que se encontrar aptas a serem adotadas.
    Depois disso, poderá haver o encontro na própria vara de infância e juventude ou abrigo para que você e a criança se conheçam e criem relação de afinidade.
    Passando dessa fase, vem a burocracia pura, mas vale a pena esperar, se é o que você tanto deseja. Tal como audiência com O Juiz da vara de infância e juventude, retificação de documento de identidade da criança, se tiver, ou certidão de nascimento.
    Espero ter ajudado.
    Abração. Boa sorte !

  24. fabiana azevedo gomes escreveu:

    Bom dia! gostaria muito de adotar uma criança negra, de prefêrencia ainda bebê, sou solteira, vivo em Portugal, sou brasileira, e vou voltar definitivamente para o Brasil justamente para poder adotar, será muito complicado?

  25. jose carlos da silva kelly escreveu:

    Olá, estou com a minha sobrinha/neta a quase 4 anos, desde que eu a trousse para casa dei entrada na defenssoria publica com a autorização da mãe assinada e firma reconhecida em cartorio, e até agora nada.
    a criança está estudando desde q chegou, plano de saude,quarto digno de uma menina e até agora nada, que lei e essa??

  26. Boa noite,

    Ajude-me vou adotar um menino q nasce daqui a 30 dias a mãe biologia quer me entregar na maternidade, pois não quer ter nenhum vinculo com ele lê um artigo seu em q a senhora fala em documentos quais seria eles.

    Tenho separado: copia

    CARTEIRA INDENTIDADE E CPF

    COMPROVANTE DE ENDEREÇO

    COMPROVANTE DE RENDA

    ATESTADO DE SAUDE

    DOCUMENTOS DE COMPRA DO IMOVEL

    Esse são os documentos que tenho.

    Precisa de mais algum? O que devo fazer? Ele pode ser registrado em meu nome?

    Ele pode já ter plano de saúde? ter todos os direito que um filho biológico?

    Ajude-me a agir corretamente.

    Aguardo resposta.

    Deus ilumine e lhe de proteção.

    Meu e-mail carlareis.nascimento@gmail.com

  27. Desculpa cometir um erro depois q vcss responder pode deletar pois dexei meu e-mail particular obrigado.

  28. carla :Boa noite,
    Ajude-me vou adotar um menino q nasce daqui a 30 dias a mãe biologia quer me entregar na maternidade, pois não quer ter nenhum vinculo com ele lê um artigo seu em q a senhora fala em documentos quais seria eles.
    Tenho separado: copia
    CARTEIRA INDENTIDADE E CPF
    COMPROVANTE DE ENDEREÇO
    COMPROVANTE DE RENDA
    ATESTADO DE SAUDE
    DOCUMENTOS DE COMPRA DO IMOVEL
    Esse são os documentos que tenho.
    Precisa de mais algum? O que devo fazer? Ele pode ser registrado em meu nome?
    Ele pode já ter plano de saúde? ter todos os direito que um filho biológico?
    Ajude-me a agir corretamente.
    Aguardo resposta.
    Deus ilumine e lhe de proteção.
    Meu e-mail <A href="mailto:

    @carla

  29. d. Silvia, a senhora sabe muito bem os entraves e a demora para se adotar uma criança. E sabe também que não adianta correr atrás de assistente social, pscólogoga ou seja lá quem for para agilizar a adoção.
    As nossas leis no Brasil são lentas e arcaicas.
    Eu, por exemplo, tenho uma neta que crio desde nasceu, pois minha filha era mãe solteira e sempre morou comigo. Minha filha adoeceu e veio a falecer. O pai da menina também já havia falecido.
    Agora eu pergunto? a Justiça não me dá a guarda dessa criança, apenas a tutela, então como vou ampará-la na minha falta?
    Tenho uma boa aposentadoria que queria deixar para ela, mas nem ao menos posso colocá-la como dependente no meu plano de saúde. Não tenho mais ninguém para quem deixar essa aposentadoria.
    Que lei idiota e injusta é essa que não permite a uma avó adotar a neta órfã de pai e mãe?
    O que vai ser dessa criança que não tem mais ninguém que a ampare?
    Se dois homens podem adotar uma criança, podem ser dependentes um do outro para a Previdência Social, porque eu, que sou avó e mãe ao mesmo tempo, não possuo meios legais para ampará-la na minha falta?
    Isso por acaso é justo?

  30. paulinha escreveu:

    Meu irmão e minha cunhada que mim dar o bebe que ainda vai nascer,pois eles ja tem 4 filhos e não esta com condicões financeiras para criar esse!! Sera que facil para mim registrar esse bebe,pois não posso mas ter filho e mim casei de novo!! Qual procedimento devo tomar,mim ajudem por favor!!

  31. A todo momento vemos crianças sendo abandonadas pelas mães que se acham que é mãe.no entando não podemos ver crianças no orfanato para nos adotar porque é errado.então o que ´´e certo se eles não fazem nada. no entando tenho 45 anos porquanto tempo tenho que esperar,quando chega 60 anos.

  32. vou ser uma boa mae me de essa chance espero que vou consequir essa criança atraveis de voces e que deus ajude a todos. nao esqueça de nos.quero uma resposta positiva voces vao me dar uma chance nao mandarei mais comentaros quero saber se voces pode ma ajudar. se nao puder me fale quem pode.

  33. eu gostaria de adotar uma criança mais esta muito dificil pois ja tentei pela justiça mais nao consiqui eu emeu marido gostariamos de adotar um bebe pois nao posso encravidar mais e dificil sei que atraveis de voces nos vamos cosequir mande a resposta por favor me ajude a consequi um bebe para alecrar nossas vidas obrigado espero resposta. se tiver algun bebe me avise o mais rapdo possivel e que deus alude a todos fiquem com deus.

  34. stella ketsia escreveu:

    A nova lei é ótima mais precisa só de uma coisa para que fique melhor que as outras leis. SAIR DO PAPEL. Eu e meu marido estamos com processo em aberto a mais de dois anos que nunca encerra. Sempre mandando aguardar e voltar depois ou então a assistente entrará emcontato, quando na verdade se não procurar nós mesmo ,não teremos informação. Ou seja a nova lei é como outra qualquer.

  35. A nova lei de adoção e coberta de teoria e nada de prática, a realidade e de que abrigos estão lotados, casais nas “FILAS”, e de acordo com o que ando lendo, essa NOVA LEI, só veio causar mais morosidade. Estou cadastrada e cada dia que passa me revolto mais…

  36. Tenho sob minha guarda um menino que ja cuidei desde bebe ate os 4 anos com 6 anos ele voltou pra morar comigo e minha familia ficou 2 anos com os pais biologicos e foi para o abrigo e esta sob minha guarda, so que ele esta voltando a ficar com os mesmos problemas que estava antes de ser abrigado e não obedeçe ninguem gostaria de devolver ele pois acho que mais tarde vou ter sérios problemas com ele, o que faço.

  37. luis antonio escreveu:

    quero saber se a lei te dar amparo como um salario minimo para ajudar na educação da criança para as pessoas pobres que cuida de crianças adotadas pois se á justiça paga os abrigos por que não paga os pais adotivo igual o governo antoni garotinho ia fazer obrigado mais é um incentivo por que as crianças elasw mesmo ia saber com quem quer ficar abraço

  38. oi tenho um filho que ja vai fazer 2 anos estou com ele desde de guando ele veio ao mundo so que ainda nao mexi no proseço de adoçao dele tenho medo de me tirarem o maior tesouro que deus me deu como fasso para regulariza e entra com prosseço de adoçao.

  39. gostaria de saber se no estado tem um lugar para tirar o atestado de sanidade fisica e mental para dar ondamento de adocao

  40. este comentario quero deixar para os juizes vejam bem a criança que nao tem lar agora enquanto e pequena quando elas compretar a idade maior elas sairao revolta com os juizes porque nao deram um lar para elas e que pessoas queriam adotar e o senhores nao deixaram por um laudo estranho das assitente socias vajao bem hoje o senhor desside por nao deixar adotar e amanhao esta criança pode si tornar uma pessoa perigosa e ate uma assacina vejao bem amanhao alguem da sua familia pode ser morta por esta criança que o senhores deixaram no orfanato tudo pode acontecer eu so quero que senhores pessem bem de adoçao e menus um assacino na rua façao agora amanhao o senhores pode ser vitima da quela criança que estava no orfanato depois dessem que nao forao avisado

  41. Você foi em busca de um empréstimo, você está financeiramente para baixo, Você
    necessitam de financiamento para iniciar um negócio, Você precisa de financiamento para pagar
    o dept. Aqui está uma oportunidade para você obter um empréstimo que vai mudar tudo
    que para o bem, no FUNDOS DE CRÉDITO DA CIDADE. Estamos aqui para servi-lo e fazer
    se você está feliz que o nosso objetivo.

    contacte-nos: cityloanfunds2011@gmail.com

    Se você estiver interessado você pode nos informar para que possamos prosseguir.

  42. milena quero menino 3 mes moreno olho castanho cabelos louro moro meu pai sozinho numero celular meu pai 98389577 liga profavo moro campos goitacazes estou esperado voce liga

  43. Sra. Carol Ann Hewitt MD escreveu:

    Você está informado de que a Sra. Carol Ann Hewitt MD FUNDAÇÃO está dando empréstimos a particulares, empresas e Cooperar corpos a uma taxa de juros acessíveis.

    Que estais perturbados ou financeiramente fixar? Você tem sido rejeitado pelos bancos ou vitimado por esses criminosos internet ou quer resolver suas dívidas de uma vez por todas, aqui vem a grande oportunidade, você pode construir seu próprio sonho, tornar-se auto-empregar e seu próprio negócio pessoal se tornar um empreendedor.

    Para mais informações visite-nos em Sra. Carol Ann Hewitt EMPRÉSTIMOS FUNDAÇÃO via carolloanholding2@hotmail.com e-mail ou entre em contato conosco com as informações acima. Nós garantimos que você são serviços transparente e eficiente.

    Mutuários informações de dados abaixo.

    Nome ……..
    Sobrenome ……….
    Ocupação ……….
    Sexo ……..
    País ………
    Estado ………
    Renda mensal ………
    Quantidade necessária ……….
    Duração ……….
    Número de telefone ……….

    obrigado

    Sra. Carol Ann Hewitt MD

  44. domingas escreveu:

    olá bom dia
    gostaria de saber,como faço para regularizar a adoção de minha filha,meu irrmão e minha cunhada me deu ela,quando ainda era um bebe de apenas 30 dias e ,ela já convive comigo há 4 anos,na epóca que peguei ela pra criar eu fui no juiz ,só que como meu irmão no dia estava bebado o juiz não teve como passar a menina para o meu nome,dai eu fui no cartorio com meu irmão e registrei a menina no nome dos pais biologicos ,pois eu não moro na mesma cidade,neste caso para mim traze-la comigo foi tirado uma autorização para ela viajar comigo,neste caso o devo fazer?eu não posso ficar sem minha filha

  45. concordo contigo em todos os aspectos e digo mais eu e meu esposo não conseguimos ter filhos,fizemos tres tratamentos desgastante que não resultou e estamos casados a 9 anos sera possivel as autordades lançarem uma lei para estes casais que não podem ter filhos por motivos que não esta ao nosso alcance resolver ter prioridade e ficar em uma fila diferente dos casais que podem telos’? pesso que repense com carinho meu sofrimento.e a imensa vontade de ter alguem que me chame de mãe e ao meu esposo de pai abraços……………..

  46. Salve,
    Meu nome è Tania, sou Brasileira e vivo na Italia da 6 anos eu e meu marido gostariamos muito de adotar uma criança ai no Brasil.. o q temos q fazer..
    Esperos noticias.
    Obrigada.

  47. Eu adotei 2 crianças amo muito MEUS FILHOS mas assim primeiro adotei menino 7 anos adoção tardia é mas facil conseguir pois o que mas tem nos abrigos melhor escolha que fiz ! desafio mas valeu pena ! agora quando menos esperava chegou menina 2 meses na minha vida hiper mega feliz ! se vc quer ter um filho faça adoção tardia de um chance para crianças maiores e continue cadastro quando adotamos 1 segundo fica mas facil! meu filho tem 13 anos agora conseguir educar e colocar minha regras ele amor menino muito amado como ja sofreu na vida da muito valor coisas tenho menina hoje 6 meses nossa princesa mega feliz! muito obrigada meu Deus obrigada a equipe forum Votorantim onde feito trabalho lindo incentino adoção tardia obrigada Sandra e Patricia e Carol e a juiza tb ! Sirva exemplo para todo Brasil. pais não esperem anos adote uma criança maior o amor é mesmo!

  48. Hakki Seven escreveu:

    hello sweet and beautiful angel.
    I want to see my list of friends on Facebook, you will.
    Send invitations to friends or add.
    Thank you for your attention.

  49. ana lucia escreveu:

    gostaria de saber se posso adotar o filho da minha sobrinha, pois ja tenho a guarda definitiva. obrigado pela resposta

Quer realizar um comentário?





RSS RSS (comentáos)